Libertadores

Fluminense: Marcelo chora e é expulso em lance de lesão assustadora

Sem intenção, lateral pisou na perna de zagueiro do Argentinos Juniors

O Fluminense perdia do Argentinos Juniors na Libertadores quando uma jogada despretensiosa mudou o rumo da noite. Marcelo driblou dois jogadores e esticou a perna para sair do terceiro quando pisou em Sánchez e gerou uma lesão assustadora.

Fluminense arranca empate em jogo heroico na Argentina

Mesmo que não tenha tido nenhuma intenção em machucar o zagueiro do time argentino, Marcelo acabou expulso após revisão do VAR. Esticado, seu pé pisou a perna do camisa 3 do Argentinos Juniors, que rodou ao contrário na jogada. Ele acabou substituído.

Antes mesmo do cartão vermelho, o camisa 12 do Fluminense chorava no gramado após a jogada. Felipe Melo tentou consolá-lo enquanto o árbitro chileno Piero Maza ia ao árbitro de vídeo. A imagem forte não deixou dúvidas para ele.

Ao anunciar a expulsão, Maza parecia explicar a Marcelo que, mesmo sem intenção, a jogada era de cartão vermelho. O lateral-esquerdo, desolado, nem reclamou. Pouco depois, jogadores e membros da comissão técnica do Fluminense discutiram com o árbitro e com adversários, mas a decisão já estava tomada.

Após a partida, em entrevista ao Paramount+ à beira do campo, o meia Ganso contou o que disse o árbitro a Marcelo no momento da expulsão.

— Não consegui ver o lance ainda, mas mesmo sem querer é falta. O árbitro mesmo, na hora, falou para o Marcelo: “é sem querer, mas tenho que te expulsar”. Encontrei com o Marcelo no vestiário, mas não conversamos e tive que voltar rápido para o doping. O importante é que conseguimos um bom resultado fora de casa — disse o camisa 10.

Em sua conta oficial no Instagram, Marcelo lamentou o ocorrido.

O Fluminense também publicou uma nota desejando pronta recuperação a Luciano Sánchez.

Como foi o jogo Argentinos Jrs x Fluminense?

A expulsão de Marcelo aconteceu aos 12 minutos do segundo tempo e deixou o Fluminense com um a menos em campo e no placar até aquele momento. Mas o jogo terminou em um empate em 1 a 1.

O time da casa teve um início melhor na partida, pressionando e dificultando a saída de bola do Fluminense. Eles aproveitaram as jogadas aéreas ao recuperar a bola e, aos 12 minutos, abriram o placar. Ávalos, jogador mais acionado do Argentinos Juniors, recebeu um cruzamento na área tricolor e marcou um gol de voleio.

Após o gol sofrido, o time carioca conseguiu entrar no jogo e teve uma ligeira superioridade na posse de bola, porém, não conseguiu incomodar muito o goleiro Martin Arias. Enquanto isso, Fábio, goleiro do Fluminense, fez duas defesas espetaculares em chutes de Ávalos e Bittolo, evitando que sua equipe fosse para o intervalo com uma desvantagem maior no placar.

Após a expulsão de Marcelo aos 12 minutos, o Argentinos Jrs também teve um atleta expulso aos 31 minutos da segunda etapa: o goleiro Martín Arias levou o vermelho por entrada brusca fora da área. O empate tricolor viria apenas aos 41 minutos da etapa final.

Diogo Barbosa levantou a bola na área do Argentinos e a defesa afastou. Cano fico com a sobra e passou para Leo, que ajeitou de cabeça para Samuel Xavier dar um chutaço, de primeira, no ângulo. 1 a 1 placar final de Argentinos Jrs x Fluminense.

Foto de Caio Blois

Caio Blois

Jornalista pela UFRJ, pós-graduado em Comunicação pela Universidad de Navarra-ESP e mestre em Gestão do Desporto pela Universidade de Lisboa-POR. Antes da Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo