Libertadores

Dúvida sanada entre Martinelli e John Kennedy: Diniz definiu entrada de volante no Fluminense para final da Libertadores contra o Boca Juniors

Fluminense vai em busca do título inédito com Martinelli e Ganso titulares; Decisivo na Libertadores, John Kennedy começa no banco

O Fluminense está escalado para enfrentar o Boca Juniors na final da Libertadores. O técnico Fernando Diniz definiu a equipe que começa o jogo das 17h (de Brasília), no Maracanã, e acabou com a dúvida na cabeça do torcedor. Martinelli entra no meio.

Diniz havia adiantado na coletiva de sexta (3), que já sabia o time que mandaria a campo, mas que não divulgaria com antecedência, mantendo o mistério.

— Diferente do Almirón (técnico do Boca Juniors), vão ter que imaginar. Tem essas possibilidades, talvez outras. Se a dúvida está aí, vou deixar como está. Com o John Kennedy, você ganha mais profundidade, e com um cara no meio, em tese, você ganha mais recurso no meio de campo. A base de minha estratégia é colocar o melhor time para cada jogo e é o que vou fazer amanhã.

A equipe entra em campo com Fábio; Samuel Xavier, Nino, Felipe Melo e Marcelo; André, Martinelli e Paulo Henrique Ganso; Arias, Cano e Keno. O técnico é Fernando Diniz.

John Kennedy será opção no banco de reservas do Fluminense

Com a escalação definida e a dúvida finalizada, o atacante John Kennedy será a principal opção no banco de reservas do Fluminense. O jogador marcou em todas as fases de mata-mata da Libeertadores até aqui.

Na semifinal, foi ele quem saiu do banco para empatar e participar da jogada com um corta-luz que culminou no gol da virada de Germán Cano. O atacante de 21 anos tem 8 gols e 4 assistências pelo Flu em 2023, sendo três bolas na rede e três passes para gol na Libertadores.

O Fluminense ainda terá Pedro Rangel, Marlon, Alexsander, Leo Fernández, Daniel, Guga, Thiago Santos, Yony González, Diogo Barbosa, David Braz e Lima entre os reservas

Foto de Caio Blois

Caio Blois

Caio Blois nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e se formou em Jornalismo na UFRJ em 2017. É pós-graduado em Comunicação e cursa mestrado em Gestão do Desporto na Universidade de Lisboa. Antes de escrever para Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo