Libertadores

Desgaste pesa, e força do elenco do Flamengo será testada contra o Bolívar

Sete jogadores não puderam viajar com a delegação para La Paz, onde o Flamengo enfrentará o Bolívar pela fase de grupos da Libertadores

Em contato com a Trivela, Fábio Mahseredjian, preparador físico do Flamengo, confirmou que o clube tem elenco suficiente para superar qualquer barreira que o desgaste apresentar. Nesta quarta-feira (24), contudo, o Rubro-Negro terá um teste de fogo, para provar de vez que pode competir. Tite e companhia enfrentarão o Bolívar, pela fase de grupos da Libertadores, sem sete atletas.

Allan, Léo Pereira, Varela, Ayrton Lucas, Erick Pulgar, Arrascaeta e Pedro não viajaram com a delegação para Santa Cruz de La Sierra, onde o Flamengo se concentrará visando o jogo em La Paz. Baixas de peso, das quais o clube precisará superar com excelência se quiser deixar a Bolívia com os três pontos.

Desgaste em profusão dessa vez

Mesmo que tenha sofrido com baixas por desgaste, Tite não precisara preservar mais de três atletas em nenhuma das partidas de abril. O número máximo foi justamente diante do Millonarios, na altitude de Bogotá, que não é considerada uma das mais complicadas da América do Sul. O torcedor do Flamengo, sem dúvida, não esperava que os desfalques mais que dobrassem. 

Entre quadros virais e desgaste físico, Tite não poderá contar com seis titulares, além do volante Allan, que começou as partidas contra São Paulo e Palmeiras. São baixas de peso que, pela maratona enfrentada pelo Flamengo, fazem todo o sentido. Com exceção do volante, ex-Atlético Mineiro, todos os preservados estão entre os de maior minutagem do clube em 2024.

O Flamengo vai jogar sem boa parte dos seus titulares contra o Bolívar (Foto: Marcelo Cortes/CRF)

Provável escalação

Por mais que perca boas parte das suas referências técnicas, o Flamengo ainda viajou a La Paz com um time capaz de sair com os três pontos do Hernando Siles. Bruno Henrique, De La Cruz e Gerson são os principais jogadores desse time, que ainda deve contar os reforços de Léo Ortiz e Viña, além do retorno de Wesley. David Luiz é o mais experiente, enquanto Lorran, o mais jovem. Rossi está mantido no gol.

Dessa forma, o Flamengo deve ir a campo com: Rossi, Wesley, Léo Ortiz, David Luiz e Matias Viña; Igor Jesus, Gerson, De La Cruz e Victor Hugo; Bruno Henrique e Lorran. 

Tudo sendo colocado na balança

A altitude, claro, aumenta bastante o desgaste físico dos atletas e, por isso, eles não viajaram. O duelo diante do Bolívar é importante para o Grupo E, afinal, vale a liderança, mas não a ponto de arriscar lesões em jogadores importantes, que podem prejudicar todo um planejamento para a temporada.

Tite também já frisou, em coletiva, que o desgaste diminui o nível técnico dos atletas dentro de campo. Assim, o comandante preferiu ter um time mais oxigenado, ao invés de colocar os titulares cansados, para terem um desempenho abaixo do esperado. É uma cartada ousada do treinador, mas, se der certo, deixará o elenco ainda mais confiante.

Flamengo e Bolívar se enfrentam a partir das 21h30 (de Brasília) desta quarta-feira (24), no Estádio Hernando Siles, em La Paz. Como mencionado, o jogo vale a liderança do Grupo E, além de certa tranquilidade para ambas as equipes em caso de triunfo.

  1. Bolívar – 6 pontos (+5 de saldo)
  2. Flamengo – 4 pontos (+2 de saldo)
  3. Millonarios – 1 ponto (-1 de saldo)
  4. Palestino – 0 pontos (-6 de saldo)
Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

É repórter na cobertura do Flamengo há três anos, com passagens por Lance! e Coluna do Fla. Fã de Charlie Brown Jr e enxadrista. Viver pra ser melhor também é um jeito de levar a vida!
Botão Voltar ao topo