Libertadores

Flamengo afasta crise com grande atuação em goleada sobre o Bolívar na Libertadores

Goleada do Flamengo sobre o Bolívar foi construída com jogo coletivo interessante, para a festa dos mais de 63 mil rubro-negros no Maracanã

O Flamengo venceu o Bolívar por 4 a 0 na noite desta quarta-feira (15), em jogo válido pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores. Gerson, Ayrton Lucas e Everton Cebolinha marcaram os gols do Rubro-Negro, na primeira etapa, enquanto Pedro completou na segunda. Tite e companhia souberam manter o nível da última atuação para emplacar mais um triunfo convincente.

A situação na Libertadores, que já foi complicada, agora é acessível para a rodada final. O Flamengo vai se recuperando do momento de oscilação aos poucos.

O que aconteceu de melhor no jogo?

  • Gerson abriu o placar no primeiro minuto de jogo;
  • O Bolívar foi melhor depois do gol do Flamengo, e Rodríguez colocou uma das chances na trave;
  • Ayrton Lucas desafogou o Flamengo, e Cebolinha ampliou para dar tranquilidade no segundo tempo;
  • Pedro marcou no início do segundo tempo, com assistência de Gerson, e deu números finais ao jogo;
  • Festa absoluta da torcida do Flamengo, que parece ter voltado a apoiar o time de corpo e alma.
Ayrton Lucas comemora um dos gols do Flamengo contra o Bolívar (Foto: Divulgação/CRF)

Jogo gostoso de acompanhar no primeiro tempo

Não deu nem tempo do torcedor rubro-negro respirar sem comemorar. Logo no primeiro lance de perigo da partida, Cebolinha fez grande jogada e encontrou Gerson livre dentro da área, que não perdoou. Foi o gol mais rápido da equipe nesta temporada e não poderia ter vindo em momento mais oportuno. Para quem esperava um Flamengo avassalador, teve que aguardar mais um pouco.

O Bolívar não é líder do Grupo E da Libertadores à toa, tem muito mérito. Bruno Sávio, Patito Rodríguez e Chico da Costa formam um bom trio de ataque, que levou perigo ao Flamengo. Se não fosse a trave, por exemplo, os bolivianos teriam empatado pouco tempo depois. Foram pelo menos três jogadas que fizeram o torcedor rubro-negro prender a respiração.

Tudo se baseava na marcação pressão do Bolívar. Quando conseguia escapar da primeira linha, o Flamengo ficava em situação de mano a mano com os defensores dos visitantes. Se perdesse a bola na intermediária, contudo, o Rubro-Negro penava. Cebolinha e Pedro tentaram, Arrascaeta teve grande chance, mas foi Ayrton Lucas que aproveitou a oportunidade para ampliar.

O segundo gol pareceu ter atordoado o Bolívar, que não conseguiu mais atacar e viu o Flamengo fazer o terceiro, com Everton Cebolinha, em lance que reclamaram falta. Infelizmente, para as duas equipes, a arbitragem foi um ponto de confusão na primeira etapa. Andrés Matonte quis um jogo mais corrido, porém deixou de marcar algumas faltas no processo.

Pedro transforma em goleada, e Flamengo administra

O segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro para o Flamengo. Logo nos minutos iniciais, De La Cruz achou um lindo passa Pedro, que colocou o Rubro-Negro em condição de goleada sobre o Bolívar após tabela com Gerson. O centroavante chegou a ser vaiado por tomadas de decisão ruins, mas deixou a partida muito aplaudido pela torcida.

Depois do quarto, Tite começou a promover mudanças para oxigenar o time e tentar fazer mais saldo, mas o Flamengo teve pouca inspiração para buscar o quinto. Luiz Araújo assustou, assim como Lorran, e Gabigol participou de boas jogadas. Já era tarde, e o 4 a 0, pela construção da partida, ficou de bom tamanho no Maracanã. Festa dos mais de 63 mil rubro-negros presentes.

O nome do jogo: Gerson

Já entrou na fila para pedir desculpas, torcedor? Desde que foi deslocado para a ponta direita, Gerson está voando no Flamengo. Marcou seu primeiro gol em 2024 e ainda concedeu a assistência para Pedro balançar as redes. Mais confiante, técnico e, em especial, com a faca entre os dentes. É isso que os rubro-negros querem ver de um ídolo.

Gerson marcou o primeiro do Flamengo na goleada sobre o Bolívar (Foto: Divulgação/CRF)

E agora, Flamengo?

O próximo compromisso do Flamengo é pela Copa do Brasil, já que o Campeonato Brasileiro ficará paralisado por duas rodadas. Dessa forma, o Rubro-Negro só a volta a campo na próxima quarta-feira (22), a partir das 21h30 (de Brasília), para enfrentar o Amazonas. Como venceram o primeiro confronto, Tite e companhia podem até empatar em Manaus para confirmar a vaga nas oitavas de final.

Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

É repórter na cobertura do Flamengo há três anos, com passagens por Lance! e Coluna do Fla. Fã de Charlie Brown Jr e enxadrista. Viver pra ser melhor também é um jeito de levar a vida!
Botão Voltar ao topo