AlemanhaInglaterra

Podolski é o melhor finalizador do Arsenal. É o que diz Wenger

Messi é o jogador que mais faz gols no mundo na atualidade, mesmo sem ser um centroavante típico. É comum que o artilheiro do time nem sempre seja o centroavante, mesmo quando há um. No Arsenal, o técnico Arsène Wenger diz que o seu melhor finalizador é Lukas Podolski, que embora vista a camisa 9, não é exatamente um centroavante. E isso mesmo com um jogador fazedor de gols no elenco, o francês Olivier Giroud.

“Eu acredito que jogar como atacante centralizado é a sua melhor posição, talvez porque nos lados ele precise trabalhar mais duro e ele é mais um finalizador que qualquer outro no time. Ele e Theo Walcott são dois finalizadores”, disse o francês.

“Ele está um pouco enferrujado porque ele não tem jogado muitas vezes, mas é claro que é uma boa oportunidade para ele mostrar que ele tem futuro nessa posição e pode finalizar”, continuou o técnico. “Honestamente, eu o coloquei na sua posição pela primeira vez só contra o Sunderlando Sunderland e contra o Manchester United, então não são dois jogos ideais, o primeiro jogo da temporada e um jogo contra o Manchester United, mas estou tentado a dar outra chance para ele nessa posição”, analisou Wenger.

“Ele quer jogar pelo meio, mas hoje todos os jogadores que jogam pelos lados querem jogar ali”, afirmou ainda o técnico do Arsenal. “É apenas a primeira temporada. Eu acho também que o fato de ele ter vindo direto da Eurocopa, voltar sem descanso, mudou a sua primeira temporada”, ponderou. “De maneira geral, se você olhar os números, ele teve uma boa temporada – mas não pelo meio, pelos lados. Mas eu estou convencido que, pelo meio, ele pode ter uma boa marca de gols”, prevê Wenger.

Mas será que os números corroboram o que diz o técnico? Analisando os números ofensivos dos jogadores do Arsenal, percebemos que quem mais vezes chutou a gol pelo Arsenal foi… Olivier Giroud, 147 vezes. O segundo colocado, aí sim, foi… Santi Cazorla, 131 chutes. Em terceiro, Theo Walcott, 97 chutes. Em quarto, Lukas Podolski, 57 chutes. Se pensarmos em chutes que acertaram o gol, a situação fica igualzinha: Giroud (61), Cazorla (46), Walcott (46) e Podolski (22).

É preciso considerar que Cazorla foi o jogador que mais esteve em campo na temporada pelo Arsenal. Foram 3974 minutos em campo, mais do que qualquer outro. Giroud foi o quarto jogador em minutos jogados, 3194. Walcott é o sétimo em minutos disputados, com 2720. Lukas Podolski é apenas o 11º jogador em minutos jogados, com 2423.

Se pensarmos em porcentagem de acerto dos chutes a gol, quem tem melhor aproveitamento é Walcott, com 46% dos chutes acertando o gol. O segundo em acerto é Giroud, com 41%. Podolski é o terceiro, com 38%. Cazorla é o quarto com 35%.

Se pensarmos em número de gols, quem mais balançou as redes pelo Arsenal na temporada foi Theo Walcott, 19 vezes. Giroud fez 17 e Podolski fez 14. Cazorla fez 12. Se levarmos em conta quantos minutos cada um precisa para fazer um gol, temos: Walcott com a melhor média, com um gol a cada 143 minutos, Podolski, com um gol a cada 173 minutos, Giroud, com um gol a cada 187 minutos, Gervinho com um gol a cada 224 minutos e Cazorla com um gol a cada 331 minutos.

Talvez Wenger acredite mesmo na capacidade goleadora de Podolski, que de fato tem um bom número de gols na sua carreira atuando pelo Köln. Pelo Arsenal, o alemão ainda não convenceu – e é bom lembrar que é o maior salário do elenco. Tem potencial e é ótimo jogador, mas ainda precisa mostrar a que veio. Se é o goleador que Wenger quer, precisa jogar mais vezes assim.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo