AlemanhaChampions LeagueEuropaHolandaInglaterraItáliaLeste EuropeuPortugal

Milan e Ajax fazem camisa pesar; Chelsea cai, mas avança

A rodada desta terça-feira na Liga dos Campeões, que poderia definir mais seis classificados às oitavas de final, acabou apenas com mais um garantido. Por ironia, o Chelsea, que protagonizou outra zebra contra o Basel. Melhor para a competição, que vai para a última semana da fase de grupos – que costuma ser fraca – com quatro grandes decisões: Napoli x Arsenal, Milan x Ajax, Olympique de Marseille x Borussia Dortmund e Schalke 04 x Basel. Confira os destaques do dia, com ênfase para as vitórias de Ajax e Milan, além do tropeço do Porto:

Grupo H: Milan e Ajax voltaram a se sentir como gigantes

Netherlands Soccer Champions League

Diante da crise que o Milan vive, foi um resultado inesperado até para o mais otimista dos rossoneri. Triunfo por 3 a 0 sobre o Celtic em Glasgow, que afastou um pouco a crise e reforçou as chances do time rumo às oitavas. Mesmo dando metade dos 20 chutes dos escoceses na partida, os italianos foram bem mais eficientes, aproveitando as oportunidades que tanto perderam em suas últimas atuações, o que foi fundamental. Kaká foi o destaque ao abrir o placar, aproveitando uma bobeira da zaga para completar de cabeça após escanteio, e ditar o ritmo do time no primeiro tempo. Já na segunda etapa, Cristian Zapata aumentou, enquanto Mario Balotelli diminuiu um pouco sua má fase ao balançar as redes, após lançamento primoroso de Riccardo Montolivo.

Com oito pontos, o Milan segura a segunda colocação no Grupo H, enquanto o Celtic está eliminado. E a classificação dos rossoneri será decidida em confronto direto com o Ajax, um ponto atrás, em partida marcada para o San Siro. Os holandeses fizeram sua melhor partida na Champions em tempos, ao baterem o Barcelona por 2 a 1 na Amsterdam Arena. É verdade que os blaugranas não tinham tanto ímpeto, já assegurados na próxima fase, o que não diminui a superioridade dos anfitriões. Thulani Serero e Danny Hoesen abriram vantagem, aproveitando bobeiras seguidas da defesa catalã. No início do segundo tempo, Xavi até diminuiu a diferença, após pênalti sofrido por Neymar, mas o Ajax continuou se impondo na sequência.

Grupo E: Chelsea tropeça, mas não cai, e deixa bomba com Basel e Schalke

2027965_w2

O Chelsea renovou sua freguesia contra o Basel. Após perder de virada em Stamford Bridge, os Blues também se deram mal na Suíça. E, ao contrário do que o dinheiro dos clubes indique, o time da casa sobrou. Foram 15 chutes a gol do Basel, contra apenas dois do Chelsea – ambos para fora. Ainda assim, o gol da vitória só saiu aos 42 minutos do segundo tempo, em avanço rápido de Mohamed Salah. Menos mal para os Blues que, com o empate por 0 a 0 entre Steaua Bucareste e Schalke 04, a vaga na próxima etapa da Champions foi assegurada independente de seu desempenho. Na rodada final, Schalke e Basel duelam pelo outro lugar em Gelsenkirchen, com a vantagem do empate para os suíços.

Grupo G: Porto dá um vacilo imenso e só se salva com milagre

Portugal Champions League Soccer

O Porto, sempre candidato às oitavas de final da Champions e cabeça de chave neste ano, está preparado para se tornar a maior decepção nesta fase de grupos. Em um jogo no qual tinha a obrigação de vencer, o Dragão não foi além do empate por 1 a 1 com o Austria Viena em casa, após sair perdendo. Roman Kienast abriu o placar para os violetas logo aos 11 minutos, no primeiro dos três chutes de sua equipe em 90 minutos. Depois disso, foi só pressão do Porto. Os lusos finalizaram oito vezes mais que seus adversários e, mesmo assim, só balançaram as redes uma vez, com Jackson Martínez. O empate obriga os portistas a vencerem o líder Atlético de Madrid na última rodada e torcerem por pelo menos um empate do Zenit contra o Austria Viena. Mais cedo, russos e espanhóis também ficaram no 1 a 1 em São Petersburgo.

Grupo F: Arsenal faz seu dever e se prepara para batalha no San Paolo

Britain Soccer Champions League

O Arsenal é quem vai para a última rodada do ‘Grupo da Morte’ com mais possibilidades de classificação. A equipe de Arsène Wenger pode empatar com o Napoli no San Paolo que avança. A vantagem, porém, só veio depois que o time fez sua obrigação no Estádio Emirates, ao vencer o Olympique de Marseille por 2 a 0. O triunfo tranquilo começou logo aos 29 segundos, com um belo gol de Jack Wilshere. Em uma partida na qual os Gunners tinham o domínio, Mesut Özil se deu ao luxo de desperdiçar um pênalti, mas se redimiu ao servir Wilshere em seu segundo tento na noite. Já o Borussia Dortmund bateu o Napoli em um jogaço no Signal Iduna Park e avança com uma vitória sobre os marselheses na França.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo