AlemanhaBundesliga

Em meia hora de Bundesliga, Pohjanpalo já fez quatro gols pelo Leverkusen

O finlandês Joel Pohjanpalo tem apenas meia hora de Bundesliga na sua carreira. Revelado pelo HJK Helsinki, passou três temporadas na segunda divisão alemã antes de ser incorporado ao elenco principal do Bayer Leverkusen e começar a ser utilizado pelo técnico Roger Schmidt. Disputou 12 minutos contra o Borussia Monchengladbach e mais 18 diante do Hamburgo. E em apenas meia hora (mais uns quebrados, por causa dos acréscimos), marcou quatro gols, média de um a cada 7,5 minutos.

LEIA MAIS: O maior tributo: Darmstadt rebatiza seu estádio com nome de torcedor-símbolo, vítima de câncer

O atacante de 21 anos tem estrela. Aos 17 anos, disputou sua primeira temporada pelo HJK, fez 11 gols e foi campeão nacional. Chamou a atenção do Liverpool e chegou a receber uma proposta do clube inglês, mas a rejeitou. Acabou no Bayer Leverkusen. Foi cedido por empréstimo ao Aalen, por uma temporada (cinco gols na 2. Bundesliga), e ao Fortuna Düsseldorf (13 gols), por duas, para disputar a segunda divisão alemã.

Este ano, o Leverkusen decidiu adquirir seus direitos e usá-lo no time principal. Por enquanto, tem sido apenas opção de banco. E que opção. Entrou aos 33 minutos do segundo tempo contra o Borussia Monchengladbach e anotou o único gol do seu time na derrota por 2 a 1. Foi colocado em campo aos 27 da etapa final contra o Hamburgo, quando o Leverkusen perdia por 1 a 0, e marcou três vezes, concretizando a virada por 3 a 1.

“Foram três gols de sonho”, afirmou o técnico Roger Schimdt. “Antes do terceiro gol, quando Pohjanpalo dominou a bola, o estádio inteiro sabia que ele iria marcar”. O jovem finlandês também sentiu que completaria sua tripleta. “Eu poderia fazer qualquer coisa que a bola entraria”, disse.

Pohjanpalo divide o topo da artilharia com Robert Lewandowski e, se mantiver esse ritmo, bom, baterá todos os recordes da história da Bundesliga.

Depois do jogo, ele foi para os braços da galera:

Veja os gols de Pohjanpalo na Bundesliga:

 

.

 

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo