Bundesliga

Numa tarde inspirada de Younes, o Frankfurt amassou o Bayern no primeiro tempo e saiu com a imensa vitória

Ao longo dos últimos anos, o Eintracht Frankfurt se transformou numa pedra no sapato do Bayern de Munique. A conquista da Copa da Alemanha de 2018 está na história, bem como os 5 a 1 que culminaram na demissão de Niko Kovac. Muito mudou na Baviera desde a chegada de Hansi Flick, mas os campeões europeus atravessam um momento ruim, de futebol previsível e fragilidade na defesa. Neste momento, o time em melhor fase da Bundesliga é exatamente o Frankfurt, com muita ofensividade e vitórias a rodo. E as Águias ampliaram sua sequência para impor a terceira derrota do Bayern no campeonato. O time de Adi Hütter realizou um primeiro tempo sublime e conteve a pressão na segunda etapa. Amin Younes, em especial, gastou a bola para garantir o triunfo por 2 a 1 no Deutsche Bank Park, que reafirma as ambições de sua equipe em busca de uma vaga na Champions League.

O Bayern de Munique precisava se virar principalmente com a ausência de Thomas Müller. No entanto, o Eintracht Frankfurt tinha um desfalque bem mais sentido com a lesão do artilheiro André Silva. Mas não foi isso que impediu as Águias de fazerem um primeiro tempo amplamente superior no Deutsche Bank Park. O time da casa exibia muito mais objetividade e não perdeu isso nem mesmo com a paralisação precoce do jogo, depois que um dos bandeirinhas se lesionou e precisou ser substituído pelo quarto árbitro.

O Frankfurt voltou com o mesmo ímpeto na retomada da partida e anotou o primeiro gol aos 12 minutos. Depois de uma cobrança de lateral, Amin Younes acionou Filip Kostic e o sérvio adicionou mais uma assistência à sua conta. O passe veio milimétrico para Daichi Kamada, que concluiu no meio da área. Atordoado, o Bayern não exibia qualquer poder de reação. Era uma equipe previsível, que mal ameaçava a meta de Kevin Trapp. Enquanto isso, as Águias mantinham sua postura. O time de Adi Hütter roubava a bola e acelerava na transição, sem medo de arriscar. Os anfitriões tentavam bastante, inclusive de fora da área. Younes chutou até do meio-campo e assustou Neuer.

Quando o Eintracht Frankfurt acertou novamente, aos 31, anotou um golaço. Kamada preparou a jogada pela esquerda e Younes recebeu no bico da grande área. O meia abriu espaço para o chute e mandou a bola direto no ângulo, assinando sua pintura. Na comemoração, o alemão de origem libanesa fez uma homenagem às vítimas do atentado terrorista contra imigrantes ocorrido em Hanau, que completou um ano nesta sexta. Mais que a qualidade em campo, o meia demonstrava uma postura louvável além das quatro linhas.

O Bayern só acordou na reta final do primeiro tempo. Os bávaros começaram a agir mais no ataque e criaram boas chances, mas sem aproveitá-las da maneira devida. Kingsley Coman aparecia bem, mas Kevin Trapp realizou boas defesas para manter a diferença intacta. Joshua Kimmich e Robert Lewandowski também ameaçaram, enquanto Eric-Maxim Choupo Moting quase fez um lindo tento de letra. Porém, quando tinha a chance, o Frankfurt ainda contra-atacava. Em mais uma grande jogada de Younes, Neuer salvou sua equipe ao buscar o chute de Almamy Traoré que ia no cantinho.

O Bayern voltaria do intervalo com Leon Goretzka e o segundo tempo se transformaria num ataque contra defesa. Os bávaros foram para cima, enquanto o Frankfurt lutava para segurar o resultado. A pressão era imensa, e o gol não demoraria. Aos oito minutos, Leroy Sané fez um carnaval pelo lado direito da área. Emendou dribles secos na marcação, até limpar o caminho e dar o passe, que Lewandowski emendou às redes. O time de Hansi Flick trabalhava bastante pelas pontas, mas tinha dificuldades para finalizar com mais clareza. Entre os que se destacavam na defesa anfitriã, o brasileiro Tuta demonstrava ótimo tempo de bola. Formado pelo São Paulo, o jovem de 21 anos assumiu a titularidade após a saída do capitão David Abraham, que decidiu voltar à sua cidade natal na Argentina.

As chances do Bayern voltaram a aparecer por volta dos 20 minutos. Trapp de novo cresceria diante de Coman, salvando um cruzamento que quase entrou. Com o passar dos minutos, as Águias aliviaram um pouco a pressão, acionando seu banco para ganhar mais fôlego. O time da casa também reclamaria de um pênalti sobre Ragnar Ache, que a arbitragem não deu. Apesar da postura bastante contida, o Frankfurt bloqueava os espaços nos arredores de sua área e ainda ficaria a um triz do terceiro. Aos 45, num contragolpe, Kostic parou em milagre de Neuer. Do outro lado, o Bayern era limitado e teria seus melhores lances restritos a cruzamentos, que não deram muito resultado. Depois de oito partidas, seis pela liga, voltam a perder.

O Bayern de Munique fica com 49 pontos, emendando seu segundo tropeço consecutivo, após o empate contra o Arminia Bielefeld. O RB Leipzig pode reduzir a diferença para dois pontos, se vencer o Hertha Berlim neste domingo. Já o Eintracht Frankfurt finca o pé na zona de classificação à Champions. As Águias ocupam a quarta colocação, com 42 pontos, atrás do Wolfsburg no saldo de gols. Desde o início de 2021, o time de Adi Hütter venceu nove de suas dez partidas pela Bundesliga, e empatou a outra.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo