Bundesliga

Eintracht Frankfurt tenta o troco e atropela o Bayern de Munique na Bundesliga

Frankfurt vence por 5 x 1 e põe um fim na série invicta do Bayern de Munique, para alegria dos torcedores do Leverkusen

Sob os olhares atentos do técnico Dino Toppmoller, o Eintracht Frankfurt atropelou o poderoso Bayern de Munique pelo placar de 5 x 1 em jogo realizado neste sábado no Deutsche Bank Park, em Frankfurt, válido pela 14ª rodada da Bundesliga. A vitória acachapante serviu como revanche pelos 6 x 1 aplicados pelos bávaros na 1ª na temporada passada, e o sentimento do Eintracht ficou evidente em campo, com o time correndo, brigando e colocando o vice-líder do Campeonato Alemão na roda.

Marmoush, em um dia inspiradíssimo, foi o nome do jogo. Foi dele o primeiro gol da partida, anotado aos 11 minutos da etapa inicial. Além do gol, o atacante infernizou a defesa do Bayern de Munique, que sofreu demais com os erros individuais da dupla Upamecano e Kim. Melhor para o Eintracht, que aumentou sua vantagem com Ebimbe (duas vezes) Larsson, e Knauff. O único gol dos bávaros foi de Joshua Kimmich, ainda no primeiro tempo, quando o jogo estava 3 x 0 para a equipe do Eintrach.

Quem comemorou a goleada sofrida pelo Bayern de Munique foi o Leverkusen, sensação da Alemanha e da Europa, que ainda joga nesta rodada e pode abrir seis pontos de diferença para o seu rival, caso vença a equipe do Stuttgart neste domingo.

Vale lembrar que o Bayern de Munique tem um jogo a menos, pois o confronto diante do Union Berlim foi adiado devido a uma forte nevasca que atingiu a cidade de Munique. Com a derrota, o Bayern teve sua sequência invicta de 12 jogos sem derrotas na Bundesliga quebrada e colocou uma pressão enorme para cima do técnico Tomas Tuchel, já que não é tem muito apreço do torcedor.

Bayern de Munique faz 1º tempo ruim e é dominado pelo Frankfurt

Logo a um minuto de jogo, Knauff aproveitou bobeira da defesa do Bayern, carregou pela direita e da lateral da grande área chutou forte, a bola bateu na rede, mas pelo lado de fora. Jogando um futebol de altíssimo nível e colocando o Bayern na roda, o Frankfurt chegou ao seu primeiro gol aos 11 minutos do primeiro tempo. Em jogada pela esquerda, a bola foi cruzada na área, Mazraoui cortou mal, Chaibi teve a chance dentro da área e mandou na trave, no rebote, Marmoush chutou cruzado e mandou a bola para o fundo do barbante.

A primeira chegada do Bayern de Munique aconteceu apenas aos 18 minutos, com o francês Kingsley Coman, que recebeu pela direita e chutou por cima da meta do goleiro Trapp. Melhorando aos poucos, o Bayern de Munique teve uma grande oportunidade para empatar o jogo em Frankfurt aos 24 minutos. Harry Kane recebeu passe pelo lado esquerdo da área, teve liberdade para finalizar, mas perdeu um gol que não costuma desperdiçar.

Aos 28 minutos, após cobrança de falta ensaiada pela direita, Choupo-Moting foi lançado por Kimmich e chutou forte, para boa defesa do goleiro Trapp. O Frankfurt respondeu no lance seguinte com Chaibi, que acabou chutando por cima da meta de Neuer. O jogo seguia aberto e na base do contra-ataque, o Frankfurt marcou seu segundo gol aos 30 minutos. Knauff retomou bola no meio-campo e tocou para Dina Ebimbe, que invadiu a área e dividiu com Neuer, a bola entrou mansamente, no fundo da rede.

Correndo atrás do prejuízo para tentar diminuir a contagem, o Bayern teve uma boa chance com Goreztka, que aproveitou belo corta-luz de Sané e chutou por cima da meta de Trapp. O Bayern de Munique se perdeu no jogo após o segundo gol sofrido, e levou o terceiro por intermédio de Larsson. Após mais um passe errado no meio-campo, Marmoush serviu o sueco de 19 anos, que limpou a marcação como quis e marcou um lindo gol para ampliar o marcador.

Mesmo atordoado em campo, o time de Thomas Tuchel foi valente e conseguiu diminuir o marcador ainda na primeira etapa, aos 42 minutos, com um golaço de Kimmich, que recebeu passe de Leroy Sané e da intermediária chutou com rara felicidade no ângulo de Trapp, que nem pulou na bola. Um lindo gol para fechar um ótimo primeiro tempo.

Bayern não reage, leva mais dois e perde invencibilidade

Kingsley Coman foi o responsável pela primeira boa jogada da partida na segunda etapa. O francês recebeu pela esquerda, abriu para a perna direita e chutou no meio do gol, para defesa tranquila de Trapp. O panorama do jogo era claro. O Bayern perdia a bola no meio de campo, o Frankfurt atacava com muita qualidade e marcava. Foi assim que a equipe treinada por Dino Toppmoller chegou ao quarto gol.

Chaibi aproveitou mais uma bobeira na meia-cancha dos bávaros, tocou em profundidade para Edimbe, que chutou firme de primeira para estufar a rede e marcar o quartro gol, uma verdadeira aula de futebol do Frankfurt diante do Bayern de Munique. Nada dava certo para os bávaros. Prova disso foi a chance clara perdida por Choupo-Moting aos 10 da 2ª etapa. Harry Kane fez o pivô e após passe açucarado vindo da esquerda, o camaronês, livre de marcação, perdeu uma chance inacreditável.

Estava fácil para o Frankfurt. A equipe da casa chegava com muita facilidade e chegou aos seu 5º gol aos 15 minutos. Após troca de passes envolvente, Knauff saiu na cara do goleiro Neuer e marcou seu gol no jogo. Nem mesmo Harry Kane, autor de 18 gols em 12 jogos na Bundesliga conseguiu ajudar o Bayern de Munique. O atacante inglês teve algumas chances no final da partida, mas não teve a eficiência necessária para diminuir o marcador, em um jogo histórico e que ficará marcado na história dos dois times pela disparidade do placar e das exibições em campo.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo