Bundesliga

Bayern joga mal, de novo, mas conta com defesa de pênalti de Neuer para vencer o Augsburg na Bundesliga

Bávaros vencem fora de casa por 3 a 2 e pressionam o Leverkusen que ainda joga na rodada

Não foi a partida mais brilhante do Bayern de Munique, mas assim como na última rodada diante do Union Berlin, os Bávaros venceram o Augsburg pelo placar de 3 x 2 pela 19ª rodada da Bundesliga e diminuiu a distância para o líder Bayer Leverkusen para apenas um ponto. Vale ressaltar que os Leões ainda jogam na rodada, em casa, diante do Borussia Mönchengladbach.

Os gols do Bayern de Munique foram marcados por Pavlovic, Alphonso Davies e Harry Kane, enquanto Demirovic, duas vezes, diminuíram a vantagem em favor do Augsburg. Na próxima rodada, os Bávaros encaram o Monchengladbach, em casa, e os comandados de Jess Troup enfrentam o Bochum.

Bayern de Munique começa mal, mas se recupera

O Bayern de Munique teve certa dificuldade no começo de jogo na WWK Arena. Errando alguns passes, o time do técnico Thomas Tuchel não conseguia conectar os ataques nos primeiros dez minutos de jogo. Outro ponto no começo do jogo foram os espaços deixados pelos bávaros, que eram aproveitados de forma perigosa pelos mandantes.

Jogando em casa, o Augsburg começou melhor e pressionou o Bayern nos primeiros minutos. Aos 12, Rexhbeçaj aproveitou sobra de bola na entrada da pequena área e chutou cruzado para marcar. Porém, a jogada foi anulada após impedimento.

Nos acréscimos do primeiro tempo, o Bayern de Munique teve mais uma grande chance de abrir o marcador. Leroy Sané fez bela jogada e lançou Harry Kane no costado da zaga. O atacante inglês saiu livre na área e chutou forte e cruzado, assustando o goleiro Dahmen.

Aos 23 minutos do primeiro tempo, Pavlovic aproveitou confusão na área após cobrança de escanteio e mandou a bola para o fundo do barbante, abrindo o placar para o Bayern de Munique.

No último lance da primeira etapa, Leon Goretzka ajeitou a bola para Alphonso Davies que carregou no gramado, avançou no terreno e de perna direita, arriscou da intermediária, acertando o canto de Dahmen para aumentar a vantagem em favor dos Bávaros.

Augsburg melhora, mas os Bávaros tomam o controle do jogo

O jogo no segundo tempo tomou outra figura. O time do Bayern de Munique recuou demais e acabou sendo punido logo aos seis minutos. Mbabu recebeu a bola pelo lado direito, olhou para dentro da grande área e cruzou na medida para Demirovic, que subiu mais alto do que a defesa dos Bávaros para mandar no cantinho direito de Neuer e mandar a bola para o fundo do barbante, diminuindo o marcador a WWK Arena.

Aos 12 minutos, Fredrik Jensen recebeu na entrada da área e mandou um chute forte, por cima da meta do Bayern de Munique. No lance seguinte, Harry Kane aproveitou mais uma sobra de bola dentro da área após chute de Musiala e mandou a bola para o fundo do gol, o lance foi invalidado pela arbitragem do senhor Christian Dingert, mas após revisão do VAR, verificou-se que a zaga do Augsburg acabou cortando errado, eliminando o impedimento, confirmando o terceiro gol do Bayern no jogo.

Nove minutos mais tarde, o Augsburg teve mais uma chance e após confusão na área, o goleiro Neuer acabou fazendo uma linda defesa, se recuperando em lance em que estava caído e Demirovic tocou de cabeça. No puro reflexo e capacidade de recuperação, o goleiro alemão se levantou rapidamente e segurou firme a bola.

Tentando diminuir o marcador, o Augsburg foi ao ataque mais uma vez aos 30 minutos. Após tabela com Demirovic, Vargas recebeu na entrada da grande área pelo lado esquerdo e chutou rasteiro, porém fraco e sem direção, à direita da meta de Neuer que somente acompanhou.

Se retraindo para aproveitar a melhor chance de contra-atacar, o Bayern de Munique teve uma chance clara de marcar o quarto gol com Tel. Leroy Sané deu passe espetacular para o camisa 39, que correu livre de marcação, invadiu a grande área e mandou no canto esquerdo de Dahmen, caprichosamente a bola acertou a trave e passou próxima da linha.

Aos 40 minutos, Neuer proporcionou um lance nada comum. Após cruzamento na área, o goleiro alemão simplesmente acertou um soco na cabeça do jogador do Augsburg, depois da revisão do VAR a arbitragem anotou penalidade máxima. Na cobrança, Sven Michel chamou a responsabilidade para tentar marcar o segundo gol dos mandantes na partida, mas aí apareceu o fator Neuer, que se redimiu do erro cometido e defendeu o pênalti de forma espetacular.

Nos acréscimos do segundo tempo, Demirovic foi derrubado por Thomas Müller dentro da área, a arbitragem anotou nova penalidade máxima. Dessa vez, o próprio camisa nove foi para a cobrança e diferente de Michel, mandou a bola no canto trocado de Neuer, diminuindo a contagem na WWK Arena, mas não foi o suficiente para evitar a derrota.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Existe um ditado que diz que o bom filho a casa retorna não é? Pois bem, sou Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia, de volta ao site após quatro anos, e agora redator do Trivela, um dos maiores portais de futebol do Brasil. Sou jornalista, especializado em Marketing digital e narrador do Portal Futebol Interior e também da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo