Bundesliga

Bayern de Munique é atropelado pelo Stuttgart – e quem comemora é o Real Madrid

Com uma decisão de Champions League batendo na porta, o Bayern de Munique sofreu diante do Stuttgart na Bundesliga

Neste sábado (4), o Bayern de Munique perdeu para o Stuttgart por 3 a 1, na MHP Arena, pela 32ª rodada da Bundesliga. Com o resultado, os Bávaros permanecem na vice-liderança do campeonato com 69 pontos. Já os Schwaben ficaram na 3ª posição com 67 pontos. Ambos já estão garantidos na próxima Champions League. E a partida serviu para animar o Real Madrid.

É verdade que o jogo já não valia mais nada para Bayern de Munique. O Stuttgart, por sua vez, entrou em campo com vontade de vencer, até para coroar uma temporada marcante com a volta para a Liga dos Campeões – o que não acontecia desde 2009/10. E essa postura foi fundamental para o triunfo sobre os Bávaros, que deram motivos para seu torcedor se preocupar com a partida de volta da semifinal contra os Merengues.

Se o Bayern de Munique pareceu desinteressado, o Sttutgart soube aproveitar esse cenário para impor seu jogo. Os Bávaros foram atropelados pelos Schwaben, que podem servir de exemplo para o Real Madrid chegar à final da Champions.

Como foi Stuttgart x Bayern de Munique pela Bundesliga

Acredite ou não, o 1º tempo mostrou um Stuttgart dominante em relação ao Bayern de Munique. Jogando em casa, o time controlou as principais ações da partida através da posse de bola e um estilo mais ofensivo, buscando incomodar a defesa adversária. Por outro lado, os Bávaros ficaram muito recuados, adotando uma postura mais reativa e apostando em jogadas de contra-ataque.

Como consequência, o Stuttgart teve várias chances claras de gol. E não demorou muito para a defesa do Bayern de Munique ser vazada. Em uma linda troca de passes rápidas em seu campo de ataque, o time da casa tabelou com Undav lançando para Stergiou nas costas da marcação. Cara a cara com Neuer, ele bateu com estilo para encobrir o goleiro e garantir a vantagem no placar.

O Bayern conseguiu descontar em um raro lance individual em seu último terço. Dentro da grande área, Gnabry descolou um pênalti após ser tocado pela zaga do Stuttgart. Harry Kane foi para a cobrança e não desperdiçou. O time de Munique não mereceu o empate, jogando muito abaixo do seu potencial, e os donos da casa pecaram pela falta de eficiência na etapa inicial.

Roteiro parecido, mas com maior efetividade

Para o 2º tempo, o roteiro foi bem parecido — para não dizer igual. O Stuttgart continuou pressionando em busca da vitória, e o Bayern ficou extremamente recuado, na esperança de encaixar um mísero contra-ataque. Se não fosse por Neuer, os Bávaros teriam sofrido uma derrota na Bundesliga. Assim como os Schwaben ficaram aliviados quando Choupo-Moting errou uma finalização dentro da área.

Mas o goleiro do Bayern não tinha como parar sozinho todo o ímpeto do Stuttgart, que foi recompensado por sua insistência. Na reta final da partida, Silas fez um cruzamento na cabeça de Jeong, que completou para o fundo da rede. Ainda deu tempo para o próprio Silas aproveitar uma roubada de bola de Guirassy na defesa dos Bávaros para selar a vitória dos Schwaben.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo