Bundesliga

A torcida do Hamburgo se vestiu inteira de preto e prestou um tocante tributo final ao lendário Uwe Seeler

Falecido aos 85 anos, Uwe Seeler recebeu um adeus digno de maior ídolo da história do Hamburgo no Volksparkstadion

O Hamburgo se despediu do maior ídolo de sua história na última semana. Uwe Seeler simbolizou o clube e a própria cidade como nenhum outro futebolista. Recebeu um digníssimo tributo no Volksparkstadion, durante a rodada da segunda divisão do Campeonato Alemão, em duelo diante do Hansa Rostock. Os torcedores hamburgueses se vestiram todos de preto, em sinal massivo de luto. Antes que a bola rolasse, também prepararam uma coreografia nas arquibancadas para se despedir da lenda.

Durante o aquecimento, os jogadores do Hamburgo usaram uma camiseta em homenagem a Seeler. Já o grande gesto veio da torcida. O mosaico com letras brancas em meio à multidão de preto dizia “Uns Uwe”, o “Nosso Uwe”, apelido que consagrou o centroavante como uma figura muito querida. Outras faixas também escreviam: “Leal e humilde, o maior de todos os tempos. Descanse em paz, Uwe Seeler”. Além disso, os torcedores agitavam uma bandeira com a fotografia do veterano. Uma coroa de flores foi levada ao gramado.

Dentro de campo, porém, o Hamburgo decepcionou. O Hansa Rostock venceu o duelo entre equipes do norte da Alemanha por 1 a 0. O gol dos visitantes saiu aos 49 do segundo tempo, com Kevin Schumacher, garantindo a festa dos 6 mil torcedores forasteiros presentes. O HSV soma três pontos em duas rodadas da segundona da Bundesliga.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo