Alemanha

Boa sorte, Monsieur

A fase era boa e o jogo, em casa. O Hertha Berlim enfrentaria um completo Bayern de Munique e assim teria a chance de assumir a ponta. Os bávaros igualmente vislumbravam a oportunidade de, pela primeira vez, ser líder isolado da competição sob o comando do técnico Jürgen Klinsmann.

No dia anterior, a sorte já parecia começar a sorrir para o time da capital, o até então líder Hoffenheim foi atropelado pelo Bayer Leverkusen (e por seu atacante Patrick Helmes) e acumulou mais um jogo sem vitória. Na partida que valia a liderança, o Hertha não deixou a oportunidade escapar, surpreendeu pela vibração e contou com uma grande atuação do o goleiro Jaroslav Drobny e principalmente do atacante Andrey Voronin.

Na formação da equipe para a partida contra o Bayern, alguns desfalques fizeram com que o técnico Lucien Favre decidisse pela inédita escalação de Marko Babic entre os titulares, desde o início do jogo, como opção ofensiva pelo lado esquerdo e conseguiu armar uma equipe muito compacta. Se o futebol do time não é brilhante, o treinador se preocupou em reforçar o setor defensivo para conter os avanços de Ribéry. Deu certo. Méritos para o treinador que nesta temporada conseguiu finalmente estabelecer um verdadeiro padrão de jogo para o time.

Também como ponto positivo para ser destacado, mais uma boa partida de Voronin comprovou que a parceria entre o atacante ucraniano e o Hertha deu certo apesar das iniciais criticas e a inconstância. A equipe já mostrou seu interesse em prolongar o empréstimo do jogador, que pertence ao Liverpool e o diretor do clube Dieter Hoeness, está otimista em relação a contratação.

Com a vantagem de conseguir manter a mesma formação desde o inicio do returno, o Bayern repetiu a apatia de outros jogos em muitos momentos e foi previsível durante quase todo jogo. Nem mesmo a substituição do atacante Luca Toni por Donovan conseguiu superar a dupla de zagueiros formada por Friedrich e Simunic. Aliás, a substituição durante a partida aumentou as especulações de que Toni deseja voltar à Itália.

A atual diferença entre o líder e o quinto colocado é de apenas cinco pontos. Se este é mesmo o momento do (ainda) criticado Hertha Berlim, nenhuma oportunidade deve ser desperdiçada.

Mais uma derrota para Low

Faltou atenção, senso de posicionamento, vontade, além de uma defesa muito lenta e desorganizada e a Alemanha não conseguiu superar a forte marcação e dos momentos de ofensividade (produtiva) da seleção da Noruega.

A derrota, em Dusseldorf, para os nórdicos por 1 a 0 após 73 anos só não foi mais vexatória porque o goleiro René Adler pôde contar com a sorte. Balack, Frings reclamam, mas parecem cada vez mais desinteressados em defender a seleção, tão pouco tempo depois da realização de uma surpreendente Eurocopa.

Se dentro de campo as coisas não saíram nada bem, ao menos a Alemanha comemora a presença de Mesut Özil na seleção nacional. O próprio jogador, nascido em Gelsenkirchener, declarou que sua vontade sempre foi defender o país onde nasceu. Se disputar um amistoso ainda não garante o jogador de origem turca na Nationalelf, Ozil parece decidido a fazer parte dos comandados de Joachim Low.

Última cartada

Resta pouco para o Werder Bremen na temporada 2008/09, na 10ª colocação no Campeonato Alemão e a remota chance de conseguir uma vaga em alguma competição européia na próxima temporada, a equipe comandada por Thomas Schaaf jogará em casa, nesta quarta-feira, pela Copa Uefa, contra o mais complicado adversário da competição, o Milan.

Uma vitória será difícil até mesmo no jogo disputado no Weserstadion e uma derrota contundente pode até mesmo custar o emprego do treinador, que completou uma década no clube, mas vive um clima de intensa contestação e desgaste.

Diego retorna após suspensão e atuará pelo lado esquerdo, Özil foi deslocado para o centro enquanto Tziolis vai para a direita. Daniel Jensen pode ser a opção para substituir Frings.

Ainda pela Copa Uefa, o Stuttgart enfrenta, na Rússia, a forte equipe do Zenit, o Wolfsburg também joga fora de casa contra o Paris Saint-Germain com a presença da dupla de ataque Grafite e Dzeko e o Hamburgo quer seguir em boa fase e conseguir uma vitória diante do NEC Nijmegen.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo