África

Nos gols fora, Sétif conquista o título da África e será primeiro argelino no Mundial

O sábado foi de decisão na Liga dos Campeões da África. O Sétif recebeu o Vita Club, do Congo, precisando de uma vitória simples para conquistar o seu segundo título da competição. Ficou no empate por 1 a 1, mas levou a taça mesmo assim. Isso porque empatou o primeiro jogo por 2 a 2 fora de casa e ficou com a taça pelos gols fora de casa.

LC DA ÁSIA: Western Sydney Wanderers se torna o primeiro australiano campeão da Ásia
TRAGÉDIA: Goleiro da África do Sul assassinado vivia seu melhor momento, e o ápice ainda estava por vir
RISCO: Ebola coloca Copa Africana do Marrocos em xeque (mas não o Mundial de Clubes)

Jogando em Blida, no estádio Mustapha Tchaker, o Sétif sabia que tinha a vantagem ao seu lado. Por isso, adotou uma postura cautelosa desde o começo do jogo. Sabendo que o time congolês atua bem fora de casa e conseguiu resultados importantes, como a vitória sobre o Sfaxien, da Tunísia, na semifinal. O primeiro tempo acabou empatado por 0 a 0. Tudo seria definido na etapa final.

Logo aos quatro minutos do segundo tempo, o Sétif conseguiu abrir o placar. Younes Sofiane completou um cruzamento da direita para as redes e levou a torcida ao delírio. Era o título se aproximando mais do clube. A vantagem, porém, não durou muito tempo. Aos dez, o Vita Club empatou o jogo,e m um belo chute de Lema Mabidi de fora da área.

O Vita Club sabia que precisava de outro gol para ficar com a taça e por isso pressionou no final. Se jogou para o ataque e o Sétif teve que se segurar. Foram minutos tensos para os torcedores do time, mas o resultado se manteve e os argelinos ficaram com a taça nos gols fora de casa.

Foi o segundo título do Sétif na Liga dos Campeões da África. Em 1988, o time já tinha conquistado o título batendo o Iwuanyanwu na final em um placar agregado de 4 a 1 – perdeu o primeiro jogo por 1 a 0 e goleou no segundo por 4 a 0. Desde 1990, quando o Kabylie venceu a competição, nenhum time argelino conquistava o título. A conquista também garante o Sétif no Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, que será disputado no Marrocos. Será o primeiro time argelino a jogar o torneio.

Veja os gols do segundo jogo da final:

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo