ÁfricaCopa Africana de Nações

Costa do Marfim bate Máli e decide a Copa Africana

A trave tentou impedir duas vezes, mas Costa do Marfim disputará a terceira final de Copa Africana de Nações da sua história. Com um gol de Gervinho, os Elefantes derrotaram Máli por 1 a 0, em jogo realizado em Libreville. Ainda sem sofrer gols na competição, os marfinenses seguem na cidade, onde fazem a decisão contra Zâmbia no próximo domingo.

A Costa do Marfim mostrou que não estava para brincadeira já aos cinco minutos de jogo. Após falta cobrada na lateral de campo, Didier Drogba deu um leve desvio na bola e carimbou a trave. Instantes depois, o capitão marfinense ameaçou novamente, em cobrança de falta frontal que Soumbeyla Diakité conseguiu espalmar.

Do outro lado, Máli tentava encontrar espaços na defesa marfinense, mas só conseguia finalizar de fora da área. Mais avassaladores no ataque, os Elefantes acertaram a trave mais uma vez aos 16 minutos, após pancada de Yaya Touré já dentro da área. Quatro minutos depois, Salomon Kalou invadiu a área e tocou na saída do goleiro, mas a bola tocou a rede apenas pelo lado de fora.

Ainda que os malineses tentassem controlar mais a bola e pressionassem no campo ofensivo, os marfineses sempre chegavam com perigo à área adversária. Aos 31 minutos, Drogba foi lançado em contra-ataque e, após passar pela marcação, chuto cruzado, ao lado da meta adversária.

Depois de tanto insistir, a Costa do Marfim abriu o marcador a um minuto do intervalo. Após receber bola antes da linha de meio de campo, Gervinho puxou um contra-golpe fulminante. O atacante colocou a bola entre as pernas de Ousmane Berthé e, com o caminho livre pelo flanco esquerdo, saiu de frente para o goleiro e chutou cruzado para balançar as redes.

Na segunda etapa, as Águias seguiam com a posse de bola no ataque, mas a defesa de Costa do Marfim se mantinha intransponível. Do outro lado, Kalou teve boa oportunidade de virar aos 20 minutos, mas Diakité tocou com a ponta dos dedos e desviou a bola para escanteio. Já sete minutos depois, Mustapha Yatabaré mandou a bola com perigo por cima do travessão.

Drogba teve nos pés a chance de sacramentar a classificação aos 32 minutos. O atacante do Chelsea avançou pela direita, mas seu chute foi abafado por Diakité. No restante da partida, coube aos Elefantes administrarem o resultado, mantendo a posse de bola em seu campo de ataque.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo