África

Bougherra foi sequestrado por extremistas argelinos, mas era tudo uma piada doentia

O argelino Madjid Bougherra, jogador da seleção e do Al-Fujairah, dos Emirados Árabes, estava tranquilamente tomando um café com um amigo quando extremistas invadiram o local armados com metralhadoras e sequestraram todo mundo. O atleta foi preso em um armário, junto com os outros clientes do estabelecimento, e posteriormente levado para o meio do deserto, vendado. A expectativa de ser executado foi rapidamente substituída pela raiva e alívio de descobrir que tudo aquilo não era de verdade.

LEIA MAIS: Maca? Jogador do Al Ahly carregou o adversário para fora de campo com os próprios braços

O ex-jogador do Charlton e do Rangers havia “apenas”, com aspas, sido alvo de uma brincadeira sem graça, e até um pouco doentia, de um programa da televisão argelina, uma espécie de pegadinha do Silvio Santos. Bougherra até reconheceu um dos envolvidos quando a venda saiu dos seus olhos e saiu atrás do seu “amigo”, com mais aspas ainda, provavelmente para quebrar a cara dele.

O vídeo abaixo mostra a brincadeira bem de mau gosto em um país com um braço da Al Qaeda que degola seus reféns, sem falar em todos os problemas na região. É em árabe, então dá para passar à frente e só ver as cenas.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo