Depois de flertar brevemente com a má fase, o Bayern de Munique retomou seu rumo na última semana. As vitórias sobre Tottenham e Werder Bremen voltaram a dar tranquilidade ao técnico Hans Flick neste seu início de trabalho. O compromisso desta quarta-feira, pela Bundesliga, se previa ardiloso. O Freiburg outra vez cumpre bom papel na zona de classificação às copas europeias e costuma ser difícil de ser batido em seus domínios. Por isso, apesar do sofrimento, mais importante aos bávaros foi somar um novo triunfo. Dentro do Estádio Schwarzwald, os visitantes venceram por 3 a 1, placar só alcançado com dois gols nos acréscimos e graças à ajuda de um prodígio – o centroavante Joshua Zirkzee, de 18 anos.

O Bayern parecia contagiado pelos 6 a 1 sobre o Werder Bremen no final de semana. A equipe começou com tudo e empilhou chances durante os primeiros 20 minutos de jogo. Philippe Coutinho quase anotou um golaço por cobertura, que Manuel Gulde salvou quase em cima da linha, e Benjamin Pavard viu o goleiro Mark Flekken realizar um milagre em sua cabeçada, antes de Thomas Müller completar o rebote na trave. Os bávaros dominavam as situações e balançaram as redes aos 15 minutos. Alphonso Davies avançou pela esquerda e fez o cruzamento baixo para que Robert Lewandowski, sempre ele, completasse de carrinho. Foi o 19° gol do polonês na Bundesliga, voltando a se colocar à frente de Timo Werner na artilharia.

Lewandowski parou em ótima defesa de Flekken pouco depois, mas gradativamente o ritmo do Bayern se reduziu. Isso permitiu ao Freiburg sonhar com o empate ainda no primeiro tempo. Os anfitriões criaram algumas boas chances, mas Manuel Neuer cumpriu seu trabalho com maestria. Aos 31, Lucas Höler acertou um chute que quicou no gramado e forçou o goleiro a atingir sua máxima envergadura para espalmar. O clube da Floresta Negra começava a encontrar mais espaços.

O Bayern ainda pareceu interessado em matar o jogo logo no início do segundo tempo. Porém, o Freiburg voltou a partir para cima e construiu a igualdade aos 14 minutos. Janik Haberer cruzou e encontrou Vincenzo Grifo livre pelo lado esquerdo, pronto para dar uma chicotada na bola e superar Neuer. O perigo aos bávaros era evidente e quase a virada aconteceu, em lances de Nils Petersen e Höler. Já do outro lado, a resposta veio com Ivan Perisic, que exigiria mais uma grande intervenção do goleiro Flekken.

O final da partida parecia aberto. O Bayern tinha mais posse de bola e pressionava, mas se expunha aos contragolpes. Brandon Borello saiu do banco e tentou se tornar o herói do Freiburg, com as duas principais oportunidades. Enquanto isso, os bávaros até viram um gol de Serge Gnabry ser corretamente anulado aos 32, por impedimento de Lewandowski. A estrela da noite seria bem menos badalada: Joshua Zirkzee, que substituíra Coutinho aos 45 minutos da segunda etapa.

Nascido na Holanda, Zirkzee foi contratado pelo Bayern em 2017, após se destacar na base do Feyenoord. O centroavante acumula bons números com as equipes menores dos bávaros e também com a seleção holandesa sub-19, mas não vinha se dando tão bem no Bayern II. Em 13 aparições pela terceira divisão nesta temporada, o atacante não marcara um gol sequer. Apesar disso, promovido por Hansi Flick, estreou contra o Tottenham nos minutos finais do duelo pela sexta rodada da Champions. Já nesta quarta, virou aposta ante o desespero e precisou de um minuto para balançar as redes pela primeira vez como profissional.

Aos 46, Lewa ajeitou um cruzamento de cabeça, Gnabry deu um preciso passe por elevação e Zirkzee saiu na cara do goleiro, para tocar por entre as pernas de Flekken. O garoto foi muito festejado pelos companheiros, balançando as redes logo em sua primeira finalização pela equipe principal. Depois disso, o Freiburg caiu de joelhos. O golpe de misericórdia do Bayern aconteceu aos 49, quando a zaga adversária já estava entregue. Gnabry parou em Flekken no primeiro chute, mas correu sozinho ao rebote e concluiu a contagem aos visitantes.

O Bayern de Munique fecha a rodada da Bundesliga na terceira colocação. Chega aos 30 pontos e supera o Borussia Dortmund graças ao saldo de gols. A liderança aparece dividida entre RB Leipzig e Borussia Mönchengladbach, ambos com 34 pontos, mas vantagem aos Touros Vermelhos no saldo. Com três derrotas nos últimos quatro compromissos, o Freiburg perde fôlego e aparece em sexto, com 25 pontos, agradecendo o tropeço da maioria dos concorrentes. Dos oito primeiros colocados, só Bayern e Gladbach venceram neste meio de semana, o que indica o enorme equilíbrio em uma temporada emocionante do Campeonato Alemão.

Classificações Sofascore Resultados