Liga EuropaSem categoria

Outra vez fantástico, Athletic vira sobre Schalke na Alemanha

Rodada após rodada, o Athletic Bilbao prova seu valor na Liga Europa. Jogando fora de casa, os bascos tomaram a virada para o Schalke 04 no início do resultado, mas não desistiram da vitória. Marcelo Bielsa colocou seu time para frente, aproveitando a velocidade de seu ataque e o faro de gol de Fernando Llorente. Resultado: nem mesmo a atuação de gala de Raúl evitou a vitória dos leones por 4 a 2, gerando excelente vantagem para a volta, que acontece na próxima quinta-feira, em San Mamés.

O jogo em Gelsenkirchen começou bastante equilibrado, com muita disputa e faltas na intermediária. O primeiro lance de perigo veio aos 11 minutos, em chute de Fernando Llorente que passou por cima do travessão. Pouco depois, o Schalke deu uma resposta à altura. Julian Draxler enfiou bola para Klas-Jan Huntelaar e o holandês chutou cruzado, ao lado trave direita de Gorka Iraizoz.

Quando os alemães eram mais ofensivos, o Athletic conseguiu abrir o placar, aos 20 minutos. Óscar de Marcos fez grande jogada pela direita e tocou para Markel Susaeta, batendo de primeira. Timo Hildebrand conseguiu espalmar, mas perdeu a disputa com Fernando Llorente pelo rebote. Com o goleiro caído, o centroavante finalizou para as redes.

O Schalke buscou a igualdade apenas dois minutos depois, com Raúl. Jefferson Farfán lançou Atsuto Uchida pela direita e o japonês mandou a bola para a pequena área. Mesmo cercado por dois defensores, o camisa 7 conseguiu tocar para o gol, vencendo Iraizoz. Não demorou muito para os alemães quase virarem, em chute de Farfán que Iraizoz conseguiu defender.

O primeiro tempo seguiu aberto, com as duas equipes interessadas em atacar. O Schalke teve outro bom momento aos 33 minutos, quando Julian Draxler tocou para Raúl, que não conseguiu emendar o chute, e a bola atravessou toda a área. Pouco depois, em bate-rebate consequente de escanteio, a bola sobrou para Raúl de frente para o gol, mas o espanhol falhou novamente. Já aos 42, os bascos assustaram em cruzamento de De Marcos, que, sozinho, Llorente não completou.

Durante o intervalo, o Schalke foi forçado a mudar seu goleiro. Contundido, Timo Hildebrand deu lugar a Mathias Schober. E o veterano mostrou serviço já aos seis minutos, em tiro no canto de Susaeta. Já o time da casa teve dois bons lances em sequência. Primeiro, em cabeçada de Kyriakos Papadopoulos que passou ao lado do gol. Em seguida, Farfán chutou forte de fora da área e Iraizoz fez defesa complicada.

Raúl voltaria a resolver a favor do Schalke aos 14 minutos, garantindo a virada. O espanhol dominou bola mal afastada por Fernando Amorebieta e, de primeira, mandou um lindo chute de fora da área, sem chance de reação para Iraizoz. Aproveitando o melhor momento, os Azuis Reais ainda veriam o goleiro fazer grande intervenção em chute da intermediária de Christian Fuchs. No lance seguinte, Raúl receberia outra bola na área, mas não conseguiu conectar a bola para Huntelaar.

Marcelo Bielsa mudou a postura tática do Athletic ao tirar Jon Aurtenetxe e apostar em Íñigo Pérez, deixando o time mais ofensivo. Não demorou muito para que a alteração surtisse efeito, com o gol de empate anotado por Llorente. Em escanteio cobrado por Ibaí Gómez, o centroavante se adiantou na primeira trave para cabecear. Três minutos depois, De Marcos driblou Schober e Papadopoulos fez desarme preciso para evitar nova virada.

Esforço em vão, dado o terceiro gol dos leones aos 35 minutos. Em contra-ataque, Susaeta recebeu belo passe de Ibaí Gómez e chutou cruzado. Schober não segurou a bola e De Marcos apareceu dentro da pequena área para arrematar. Apostando em contragolpes, os visitantes ainda quase fizeram o quarto, com Gómez, que foi parado por grande defesa de Schober.

Os minutos finais da partida foram de total empenho do Schalke pelo empate. Aos 42 minutos, após lançamento da defesa, Huntelaar bateu de fora da área e carimbou a trave. Minutos depois, Raúl recebeu bola quase na pequena área e soltou a bomba, para milagre à queima-roupa de Iraizoz.

Com o campo aberto, o Athletic ainda teria tempo para chegar ao quarto tento nos fim dos acréscimos. Susaeta arrancou pelo lado direito do ataque e tocou na medida para Iker Muniaín, batendo no alto, longe dos braços de Schober, finalizando a partida.

Confira os jogos de ida das quartas de final da Liga Europa:

Quinta-feira, 29/mar
Atlético de Madrid 2×1 Hannover 96
Schalke 04 2×4 Athletic Bilbao
Sporting 2×1 Metalist
AZ 2×1 Valencia

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo