Champions LeagueSem categoria

No ritmo de Robinho e Ibra, Milan mete 4 no Arsenal

Uma atuação espetacular de Zlatan Ibrahimovic e dois gols de Robinho. Assim pode ser resumida a vitória por 4 a 0 do Milan sobre o Arsenal nesta quarta-feira. A partida, realizada em San Siro, marcou o jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

Com o resultado, o time rossonero se coloca em uma posição confortável: pode perder por até três gols de diferença no jogo de volta, em Londres, marcado para o dia 6 de março.

O Milan sobrou no primeiro tempo. Com Ibrahimovic e Kevin-Prince Boateng inspirados, o time conseguiu desde o início envolver a defesa do Arsenal com facilidade e criar chances de gol. O placar foi aberto aos 15 minutos, quando Antonio Nocerino lançou Boateng, que matou no peito e finalizou com força para fazer um belo gol. A bola ainda bateu na trave antes de entrar.

Após o gol, os rossoneri continuaram dominando a partida e criando chances até ampliar aos 37 minutos. Ibrahimovic avançou pela esquerda e cruzou para Robinho cabecear para as redes.

Após o intervalo, o Milan seguiu no domínio. Robinho, em belo chute da entrada da área, marcou o terceiro gol logo aos quatro minutos. A partir daí, o time italiano passou a administrar mais a partida e chegou até a ser ameaçado em alguns momentos. No mais sério deles, Robin Van Persie recebeu lindo passe de Thiery Henry e chutou para ótima defesa de Abbiati.

Aos 34, porém, veio a pá de cal. Ibrahimovic, o melhor em campo, sofreu pênalti e bateu ele mesmo com categoria para coroar a sua atuação.

Ficha técnica

Milan 4×0 Arsenal

Local: San Siro, em Milão (ITA)
Data: 15/fev, quarta-feira
Árbitro: Viktor Kassai (HUN)
Gols: Kevin-Prince Boateng aos 15´/1T, Robinho aos 37´/1T e aos 3´/2T, Zlatan Ibrahimovic aos 34´/2T (Milan)
Cartões amarelos: Massimo Ambrosini, Philippe Mexès e Luca Antonini (Milan), Alexander Song e Johan Djourou (Arsenal)

Milan
Christian Abbiati, Ignazio Abate, Thiago Silva, Philippe Mexès e Luca Antonini; Mark Van Bommel, Clarence Seedorf (Urby Emanuelson aos 12´/1T), Antonio Nocerino e Kevin-Prince Boateng (Massimo Ambrosini aos 25´/2T); Robinho (Alexandre Pato aos 39´/2T) e Zlatan Ibrahimovic. Técnico: Massimiliano Allegri

Arsenal
Wojciech Szczesny, Bacary Sagna, Thomas Vermaelen, Laurent Koscielny (Johan Djourou aos 44´/1T) e Kieran Gibbs (Alex Oxlade-Chamberlain aos 21´/2T); Alexander Song, Tomas Rosicky, Mikel Arteta, Aaron Ramsey e Theo Walcott (Thiery Henry no intervalo); Robin Van Persie. Técnico: Arsène Wenger

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo