Nilmar e Montillo estão chegando. Falta pouco. Quem fica mais forte, São Paulo ou Corinthians?

Ah, as fontes…. Você fica o dia inteiro ligando e muitas vezes o retorno é ingrato. Não sei, talvez, deixa para lá, hoje não tenho nada para falar. Ou, como foi hoje, com pedido de sigilo absoluto, as informações chegam.

1) O otimismo dos dirigentes do São Paulo. Nilmar foi seduzido pela oferta salarial de 5 milhões por ano, durante cinco anos. Pediu mais do que isso, mas é aquele pedido de quem espera conseguir um pouco mais, mas que já aceitou a transferência. Faltam ajustes que não impedirão a negociação. Os “ajustes”, no essa “pequena” diferença, fariam a felicidade do blogueiro e da grande maioria de seus leitores. Mas, para Nilmar e o São Paulo não farão diferença.

2) O otimismo da torcida cruzeirense virou conformismo. Com a nova oferta do Corinthians, revelada pelo Rodrigo Vessoni, ficou muito perto de se concretizar a transferência de Montillo. O Cruzeiro está com dificuldades financeiras e tem dificuldade em pagar salários. Falei com pessoas ligadas ao Cruzeiro e já estão pensando em como trazer algum substituto para o argentino. Um nome é Danilo, do Corinthians.

Uma coincidência nas negociações. Ambas giram em torno de 10 milhões de euros. 

Montillo me parece o toque de classe necessário a um elenco brigador, valente, mas que precisa de mais para vencer a Libertadores. Será difícil ter esse título apenas com  aquele futebol da conta do chá do ano passado.

Nilmar é um grande nome, capaz de formar um quarteto ofensivo “diferenciado”, para usar um termo tão querido pelos sãopaulinos. Precisa saber se está bem fisicamente.

 

Os dois estão chegando. Quem é o melhor?

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo