Maradona técnico da Argentina

Essa é daquelas notícias que já surgem com cara de piada, mas é verdade. Diego Maradona é o substituto de Alfio Basile no comando da seleção argentina. Para ajudar, pegou velhos companheiros da equipe campeã do mundo de 1986 na comissão técnica.

A bizarríssima contratação evidencia como a adoração do argentino por El Diez é irracional. Afinal, só um devoto da Igreja Maradoniana conseguiria imaginar que Maradona seria a solução para a falta de um técnico para a Argentina. Afinal, as experiências dele como treinador do Deportivo Mandiyú e do Racing foram pífias.

Maradona não parece ser um grande conhecedor de esquemas táticos ou sistemas de treinamento. Vai ser mais no “vamo lá galera” e tudo mais. Quer dizer, pelo menos a parte que ele vai comandar. Porque tem jeitão que o Maradona é só o nome forte que a AFA precisava para pôr fim às cobranças de imprensa e torcida, mas o trabalho de verdade seria feito pelo Bilardo ou o Sergio Batista, que também farão parte da comissão técnica. Mais ou menos como a Alemanha de Jürgen Klinsmann, que tinha o trabalho de campo do Joachim Löw.

PS.: o Agüero, namorado da filha do novo técnico, vai ter de ficar comportadinho na concentração.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo