Malas

Tudo bem, a gente aqui na Trivela é mala, mesmo, e gosta de ser. Não se empolga com o drible do Robinho, acha que a Copa vai servir pra roubalheira desmedida – e, não, Michel, não há verba garantida para nenhuma daquelas coisas que você acha que há – e por aí vai.

De vez em quando a gente exagera, como, acho eu, no post abaixo. Mas o problema é que, em um país em que grande parte do que se chama “imprensa” quer mesmo é falar bem de quem está “na moda”, chamar a atenção para os problemas não dá ibope.

Quando a gente diz que a Copa vai ser um esquema em cima do outro, neguinho – e branquinho, amarelinho e azulzinho – fala do Pan. Pô, os caras esqueceram tudo o que se prometeu fazer no Rio e não foi feito? Não sabem que, com o dinheiro que foi gasto, dava para reconstruir a Barra da Tijuca inteira? Não se deram conta de que o Engenhão, pago por todos os brasileiros, não é nem cogitado para a Copa?

Por outro lado, como o Brasileirão por pontos corridos provou, o torcedor, quando quer, manda. É claro que os caras que comandam nosso futebol vão querer enfiar a mão no dinheiro público. Cabe a nós divulgar as maneiras de ficar de olho nisso. E ao eleitor/torcedor pressionar seus representantes.

O brasileiro, em geral, não tá nem aí, principalmente se no final tem festa. Não custa lembrar, porém, que Renan Calheiros é um dos homens mais poderosos e influentes do Brasil. E caiu. Às vezes, nem a máfia segura.

A tentação de admitir a derrota já é grande, mas não é o nosso papel. Se o Renan caiu, o Teixeira também pode cair. Mãos à obra, brasileiros de bem que gostam de futebol.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo