Haddad reluta em aceitar Orlando Silva, do PCdoB, nos Esportes

Terminada a eleição, começa a época de montagem de governo. Fernando Haddad vai governar juntamente com os partidos que o apoiaram – no primeiro e no segundo turnos – e com aqueles que fazem parte da base de apoio da presidente Dilma Rousseff.

O PCdoB está enquadrado nas duas hipóteses e está bancando a indicação de Orlando Silva, ex Ministro dos Esportes para a secretaria municipal de esportes. Com Orlando, que foi derrotado para vereador, o partido espera manter uma capilaridade de suas ações em nível federal.

Além da secretaria de esportes, o PCdoB quer manter a secretaria de articulação da Copa, hoje ocupada por Gilmar Tadeu. E gostaria de ter influência na área de cultura, com Nádia Campeão, vice-prefeita e Leci Brandão, deputada estadual.

Haddad não tem nada contra o PCdoB mas reluta em aceitar a indicação de Orlando Silva, que saiu do Ministério após uma série de acusações não provadas. Mesmo assim, o atual prefeito, que foi eleito sob o signo do “novo” não gostaria de ver caras antigas na foto que reunirá prefeito e secretários.

O programa de governo de Fernando Haddad prevê as seguintes ações para a pasta de Esportes:

ESPORTE NAS ESCOLAS – Implantar o esporte nas escolas como parte da formação integral dos alunos

CONSTRUÇÃO DE 2 CENTROS OLÍMPICOS – Zona Leste e Zona Sul

ESPORTE 24 HORAS – Permitir o uso, também no período noturno, dos equipamentos esportivos municipais

CONSTRUÇÃO DO PARQUE DE ESPORTES RADICAIS

PROJETO COPA 2014 – Potencializar as dimensões econômica, social e ambiental, visando o legado da Copa para a cidade

 

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo