É só o goleiro?

Quando deixou a Ponte Preta, Aranha era um dos destaques do time, bom goleiro, seguro quase sempre. Chegou ao Galo e virou ruim. Carini não era titular havia tempos, mas também chegou a Minas com moral. Que durou pouco.

Agora o Galo anuncia a contratação de mais um goleiro, Marcelo, ex-Bahia. O que levanta duas questões. A primeira é: um goleiro que estava esquecido no Bahia pode realmente ser o cara que vai resolver os problemas do gol do Galo? Por acaso o Bahia vem sendo modelo de defesa por algum padrão?

O mais importante, porém, parece ser o seguinte: o que há no gol do Atlético que ninguém que entra resolve? Todos os goleiros contratados eram ruins? Ou será que há outras explicações? Goleiro que não tem proteção adequada da zaga e do meio tende a falhar mais. Será que a culpa pelos frangueiros não está mais adiante no campo?

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo