Diretores do Inter pressionam presidente Luigi a buscar acordo no caso Oscar

O presidente Giovanni Luigi, do Inter, começa a ser pressionado por dirigentes do clube a buscar uma rápida solução para o caso Oscar. Eles argumentam que o tempo corre contra o Inter, que pretende utilizar Oscar na Libertadores, e a favor do São Paulo. Mostram-se descontentes com o empresário Giuliano Bertolucci e com o advogado André Ribeiro, que prometem vitorias jurídicas que não estão acontecendo. Uma das opções sopradas a Píffero é repassar ao São Paulo 50% dos direitos de uma provável venda de Oscar para a Europa.

O Inter ainda tem duas ações na Justiça. Uma, no Tribunal Regional do Trabalho, é dada como perdida. Foi ali que o São Paulo ganhou e ninguém acredita em derrota no time paulista. A segunda, é um efeito suspensivo no Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília. Quanto mais demora, aumenta a pressão por um acordo.

O time gaúcho foi surpreendido pela velocidade da Justiça, que deu ganho de causa ao São Paulo. Ou, pela demora em vender Oscar. Em conversas reservadas com jornalistas do Sul, os dirigentes diziam que, quando e se o São Paulo tivesse uma vitória, Oscar já estaria jogando no Milan ou Barcelona ou algum outro grande time europeu. A certeza era tão grande, que o Inter aceitou pagar 3 milhões de euros por 50% dos direitos do jogador. Mesmo não tendo a certeza que Oscar era dono do que vendia.

A primeira tentativa de se livrar do São Paulo foi derrotada na Justiça. André Ribeiro argumentou que, como o contrato de Oscar já estava n final, a multa sofreria uma desvalorização. Por isso, ofereceu R$ 4,5 milhões em vez dos R$ 9 milhões que reza o contrato.

A diretoria gaúcha aposta também no bom trânsito de Fernandão pelo São Paulo para conseguir um acordo que permita a volta de Oscar. O São Paulo fala em R$ 15 milhões. 
 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo