As coisas mais deslumbrantes que lemos hoje

Ex-homem forte explica saída do Flamengo: ‘Os incomodados têm que se mudar’

Gabriela Moreira, da ESPN Brasil, conseguiu uma entrevista exclusiva com ex-vice presidente de marketing do Flamengo, Luiz Eduardo Baptista, que deixou a diretoria do clube nesta terça-feira.

Há sete meses sem salário, zagueiro-boxeador espera ‘anjo cair do céu’ para receber na Lusa

Francisco de Laurentiis e Vladimir Bianchini, da ESPN Brasil, conversaram com o zagueiro Valdomiro, da Portuguesa, há sete meses sem salários.

Apoiado por Abbas e banco palestino, clube chileno vive sonho

Bruno Núñez entrevistou o presidente Palestino para a Gazeta Esportiva e falou um pouco da relação do clube chileno com o território do Oriente Médio.

Caso Corinthians: de “mais rico do mundo” a mais endividado do Brasil

Na Placar, Breiller Pires fez um panorama muito interessante sobre a situação financeira do Corinthians, afundado em dívidas.

A relação entre Sport e Nacional é antiga. Escreve Leandro Paulo Bernardo

No blog Futebol do Uruguai, Leandro Paulo Bernardo explica a relação entre o Sport e o Nacional, do Uruguai.

Primeiro Arouca defendeu Academia, ganhou titulo histórico e bateu Real

Bruno Ceccon traçou um perfil de Humberto da Silva Frias, o primeiro Arouca a defender o Palmeiras, para a Gazeta Esportiva.

Bahia faz consulta, mas CBF barra utilização de camisas sem mangas no Brasil

Marcus Alves conta na ESPN Brasil sobre a tentativa do Bahia de usar camisas regatas em partidas oficiais – sem sucesso.

Alianza Lima e Huracán abrem a Libertadores de 2015 em confronto inusitado

Felipe Bigliazzi fez uma análise tática de Alianza Lima e Huracán, confronto que abre a Libertadores de 2015, para o site A Prancheta Tática.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo