Claudio Milar e o Brasil de Pelotas

Torcedor brasileiro médio não liga para clubes do interior. Quando liga, é só de seu Estado. Por isso, poucos não-gaúchos sabem da importância local que tem o Brasil de Pelotas, para muitos o terceiro clube mais popular do Rio Grande do Sul.

Por isso, não se deve ignorar a morte do atacante Cláudio Milar, um dos maiores ídolos xavantes. Formado no Nacional de Montevidéu, o uruguaio passou por diversos clubes brasileiros, incluindo Santa Cruz, Náutico e Botafogo antes de criar raízes no Brasil de Pelotas.

Artilheiro do time em cada uma de suas quatro passagens pelo clube (fez mais de 100 gols com a camisa xavante, fato que mereceu camisa comemorativa), estabeleceu-se em Pelotas e dava sinais de que ficaria no Rubro-Negro até o fim de sua carreira. Carreira encerrada nesta quinta, com um acidente de ônibus.

Para uma equipe do interior, é raro um jogador de fora chegar e se estabelecer como símbolo. O que justifica a sensação de vazio que passam torcedores do Brasil de Pelotas e de todos que sabem o que é perder seu ídolo desse modo.

No momento em que coloco esse texto, ainda há muitas informações desencontradas (como é normal em coberturas de casos como esse). Confirmadas, só as mortes de Milar, do zagueiro Régis e do preparador de goleiros Giovani Guimarães. Quando vocês lerem esse comentário, talvez já haja notícias mais consolidadas.

Obs.: o goleiro Danrlei, contratado pelo Brasil para a disputa do Gauchão, também estava no ônibus. Ele não corre risco de morte, mas há quem fale em fratura no braço (vou atualizar aqui quando houver algo mais consistente).

Atualização (9h25): o médico do Brasil, André Guerreiro, confirmou que há três feridos graves, que ainda estão internados: o volante Edu, o meia Xuxa e o auxiliar técnico Paulo Roberto. Já o meia Uendel e o lateral-esquerdo Alemão sofreram fratura no braço, e o técnico Armando Desessards teve uma fratura de tornozelo. As vítimas fatais serão veladas nesta sexta-feira no gramado do estádio Bento Freitas, em Pelotas.

A equipe voltava de um amistoso contra o Santa Cruz, disputado em Vale do Sol. Os Xavantes venceram por 2 a 1, com um gol do ídolo Milar. O goleiro Danrlei, de boa atuação na partida, deu início ao trabalho de resgate das vítimas. A Federação Gaúcha confirmou a suspensão da estreia do Brasil no torneio estadual, contra o São José-PA, no próximo dia 22.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo