Liga EuropaSem categoria

City preza pela eficiência e vira sobre Porto no Dragão

Apesar das desconfianças quanto à motivação do Manchester City na Liga Europa, o time de Roberto Mancini deu um passo importante para as oitavas de final da competição. Os ingleses não se intimidaram com o clima no estádio do Dragão e, de virada, venceram o Porto por 2 a 1. O jogo de volta acontece no dia 22 de fevereiro, no Etihad Stadium.

Ambos os clubes foram a campo com seus times titulares. E a ordem no início da partida foi o equilíbrio. As duas equipes fizeram jogo bastante disputado no meio-campo durante os primeiros minutos, com poucas conclusões a gol. O primeiro arremate viria apenas aos 15 minutos e, por pouco, o Porto não abriu o placar. James Rodríguez cruzou para Rolando, mas a cabeçada do zagueiro foi desviada em cima da linha por Gaël Clichy.

O Dragão sofreu uma baixa considerável aos 20 minutos, quando o lateral Danilo se lesionou e precisou ser substituído. E a sequência foi de pressão contra os portugueses. Primeiro, Samir Nasri cobrou falta, Mario Balotelli deu leve desvio e Helton conseguiu rebater. Na sobra, Micah Richards mandou para o gol e o goleiro buscou no canto, espalmando para escanteio. Na sequência, Nasri voltaria a finalizar e Helton fez outra boa defesa.

Os lances acordaram o Porto, que passou a se soltar mais em campo e chegou ao gol aos 27 minutos. Hulk avançou pela lateral esquerda e centrou para Silvestre Varela, que, dá pequena área, mandou para as redes. A bola ainda tocou nas pernas de Joe Hart antes de entrar. Já Helton continuava segurando as pontas e, no minuto seguinte, salvou chute forte de Balotelli. O confronto seguiu aberto até o fim do primeiro. Na última oportunidade de gol, aos 43, David Silva cobrou falta em direção ao gol e Helton defendeu.

Os Citizens voltaram a assustar aos quatro minutos da segunda etapa. Micah Richards avançou pela direita e, mesmo sem ângulo, soltou a bomba, explodindo a bola na trave. E o empate não tardaria a sair. Yaya Touré fez longo lançamento em direção a Balotelli na área. Álvaro Pereira se antecipou ao atacante, mas também a Helton, e acabou mandando a bola contra as próprias redes.

O tento sofrido esquentou os portistas em campo, que passaram a ter uma atitude mais agressiva em campo. Hulk assustou aos 16 minutos, em cobrança de falta potente que Joe Hart teve trabalho para espalmar. O time luso seguia com postura ofensiva, mas pouca objetividade nas conclusões. Já o City se fechava na defesa e tentava aproveitar os contra-ataques para matar o jogo.

Sergio Agüero saiu do banco aos 33 minutos. E, já aos 39, coube ao argentino penalizar o Porto pela falta de objetividade. Em jogada fulminante, Yaya Touré avançou pela esquerda e, após invadir a área, rolou a bola para Kun. Com o gol vazio, o atacante apenas escorou para as redes, sem tempo para a reação de Helton. O Porto ainda tentou recuperar o prejuízo nos minutos finais, sem sucesso.

Confira os jogos de ida dos 16-avos de final da Liga Europa:

Terça, 14/fev
Rubin Kazan 0x1 Olympiacos
Braga 0x2 Besiktas

Quinta, 16/fev
Lokomotiv Moscou 2×1 Athletic Bilbao
Red Bull Salzburg 0x4 Metalist
Ajax 0x2 Manchester United
AZ 1×0 Anderlecht
Lazio 1×3 Atlético de Madrid
Viktoria Plzen 1×1 Schalke 04
Legia 2×2 Sporting
Wisla 1×1 Standard Liège
Udinese 0x0 PAOK
Trabzonspor 1×2 PSV
Hannover 2×1 Club Brugge
Steaua 0x1 Twente
Porto 1×2 Manchester City
Stoke 0x1 Valencia

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo