Cícero Ramalho: artilheiro e vereador?

A Copa do Brasil é o cenário ideal para que jogadores desconhecidos ganhem fama do dia para a noite. Um gol contra um time grande e essa fama dura 15 minutos, no mínimo. Mas se o grande for eliminado, dura mais tempo, e quem pode comprovar essa tese é Cícero Ramalho, ex-atacante do Baraúnas.

Folclórico antes do jogo contra o Vasco em 2005, o atacante abriu o caminho da vitória do time potiguar por 3 a 0 em São Januário. Ganhou aplausos e o reconhecimento nacional aos 40 anos, além do apelido de “Cícero Romário”, em alusão ao baixinho que estava em campo do outro lado e somava 39 primaveras. Havia garantido um lugar na história do torneio, do clube e da cidade de Mossoró, a segunda maior do Rio Grande do Norte.

“A Copa do Brasil me abriu muitas portas”, diz o ex-jogador, que se aposentou em 2006. E ele aproveitou. Aos 46 anos, é candidato a vereador em Mossoró pelo PV. A campanha é sua prioridade no momento e o esporte, como não poderia deixar de ser, é o carro-chefe. “Fui jogador profissional durante mais de 20 anos. Acho que tenho muita coisa para passar a quem está começando e tenho alguns projetos para estimular a prática do esporte no município”, diz Cícero, que admite usar o prestígio conquistado em campo na corrida eleitoral. “Estou muito confiante”, completou.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo