Champions LeagueSem categoria

Barcelona protesta na Uefa contra gramado do San Siro

O Barcelona apresentou uma reclamação oficial à Uefa pela condição do gramado do estádio San Siro, em Milão, onde o time empatou por 0 a 0 com o Milan nesta quarta-feira, pela Liga dos Campeões. A informação foi dada pelo próprio clube em comunicado em seu site.

“Ao final, nós nos adaptamos, viemos e jogamos, mas está claro que é um problema para o espetáculo”, disse Pep Guardiola, técnico dos blaugranas, ao final do jogo. “O campo era muito perigoso, alguma coisa precisa ser feita. Um campo nestas condições é difícil”, afirmou ainda o téncico.

O lateral Daniel Alves também reclamou. “O campo penalizou o espetáculo, agora vamos a Barcelona e jogaremos tudo”, disse o brasileiro. “Os milanistas usaram o truque de não molharem o campo, porque sabem que com a bola escorregando mais, jogamos melhor”, alegou Gerard Piqué.

O Milan respondeu em nota no seu site, justificando o fato de não terem molhado o gramado antes da partida. “A regra de molhar o campo, a ser realizado uma hora antes do jogo, tal como acordado na reunião de ontem de manhã e como o regulamento da Liga dos Campeões na seção 14.15, não foi realizada devido às condições de alta umidade do próprio campo”, diz a nota.

“As condições gerais do campo, que o Barcelona tinha treinado regularmente na noite anterior sem levantar qualquer questão, foram consideradas adequadas por ambos os times e pelos delegados da Uefa, durante a visita ao local na manhã de ontem”, diz ainda o texto publicado pelo Milan.

Apesar das justificativas, o Milan concordou em encontrar uma solução rápida. “Precisamos mudar o campo, sintético em baixo e natural em cima”, disse Adriano Galliani, vice-presidente dos rossoneri. “Esperamos chegar a um acordo com a Inter ao final da temporada”, continou. “Vou lutar por esse novo gramado”.

Os nerazzurri mostraram-se favoráveis à mudança do estádio Giuseppe Meazza para um gramado misto de sintético com natural. “Damos as boas-vindas a essa ideia”, disse Pierfrancesco Barletta, representante da Inter no consórcio M-I Stadio Ltd, que administra o estádio. “É factível, mas achamos que o momento da transformação tem que ser pensado”.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo