Champions LeagueSem categoria

Arsenal sufoca e faz três no Milan, mas está eliminado

Foi um primeiro tempo dos sonhos. O Arsenal conseguiu fazer 3 a 0 antes do intervalo e veio para o segundo tempo precisando de mais um gol para conseguir uma improvável recuperação, depois de levar 4 a 0 em Milão. Só que o time parou nos 3 a 0, viu o Milan crescer no segundo tempo e a classificação ficar no quase. Os rossoneri estão nas quartas de final.

Logo no início da partida, aos sete minutos, o Arsenal abriu o placar. Em uma cobrança de escanteio pelo lado esquerdo de Alex Oxlade-Chamberlain, o zagueiro Laurent Koscielny subiu de cabeça, livre e marcou 1 a 0, dando esperanças à torcida.

O Milan tentou alguns ataques em seguida, mas nenhum chegou a levar perigo. O time ainda parecia tranquilo pelo placar de 4 a 0 na ida. Aos nove minutos, Theo Walcott recebeu pela direita e colocou em profundidade para Robin van Persie, dentro da área, finalizar fraco de pé direito – que não é o bom – e Abbiati defender.

Aos 16, Emanuelson recuou mal uma bola na defesa, a bola caiu no pé de Rosicky, que tocou para Van Persie. O holandês preferiu não chutar, devolveu para Rosicky, que segurou a bola e a defesa rossonera se recuperou. O tcheco ainda lançou Van Persie, que dividiu com Abbiati, mas o goleiro conseguiu afastar.

O Arsenal dominava o jogo. Aos 18, em uma descida de Gervinho, Van Persie recebeu e, da entrada da área, chutou colocado, obrigando Abbiati a grande defesa. A pressão do Arsenal fazia por merecer o gol. E ele veio.

Aos 25 minutos, em jogada de Walcott pela direita, Thiago Silva afastou mal e a bola caiu com Rosicky, que tocou colocado no canto de Abbiati: 2 a 0. O estádio Emirates comemorou muito. O Arsenal parecia vivo no confronto.

No final do primeiro tempo, um dos melhores jogadores do time, Alex Oxlade-Chamberlain carregou a bola e partiu para cima de Mesbah, tentou passar entre o lateral e o zagueiro Thiago Silva e caiu. O juiz marcou pênalti para os Gunners. Van Persie, impecável, cobrou forte no alto e mandou para as redes: 3 a 0.

O segundo tempo voltou com o Arsenal ainda melhor. E, logo no início do segundo tempo, o Milan se salvou de levar o quarto. Boa jogada de Gervinho pela esquerda, que chutou, a bola desviou em Abate e pegou o goleiro Abbiati no contrapé, mas ainda assim conseguiu a defesa. No rebote, Van Persie, em cima do goleiro, tentou um toque por cima do italiano, que defendeu.

O Milan tentou ir para o ataque. Só que a melhor chance até os 17 minutos do segundo tempo foi criada pelo goleiro Szczesny. O polonês saiu jogando errado, Ibrahimovic tomou a bola e chutou forte para o gol, mas errou o alvo. Imediatamente o polonês pediu desculpas.

O Milan passou a ameaçar mais e usava a experiência para esfriar o Arsenal, que sentiu o peso de precisar de mais um gol. O Milan segurava o jogo, cozinhava. Ibrahimovic, mal no jogo, não conseguia levar perifo. Robinho era o melhor jogador de ataque dos rossoneri, fazendo as melhores jogadas ofensivas.

No final, no desespero, o Arsenal tentava de maneira desorganizada no campo de ataque. O Milan se segurou e conseguiu a classificação. Os Gunners deixam a Liga dos Campeões pela porta da frente. O Milan chega às quartas de final pela primeira vez em cinco anos.

Arsenal 3×0 Milan

Local: Estádio Emirates, em Londres (ING)
Data: 6/mar, terça-feira
Gols: Koscielny aos 7’/1T, Rosicky aos 26’/1T, Van Persie (pen) aos 43’/1T (Arsenal)
Cartões Amarelos: Bacary Sagna, Kieram Gibbs, Alex Song (Arsenal), Mark van Bommel, Antonio Nocerino, Zlatan Ibrahimovic (Milan)

Arsenal
Wojciech Szczesny; Bacary Sagna, Laurent Koscielny, Thomas Vermaelen e Kieram Gibbs; Tomas Rosicky e Alex Song; Theo Walcott (Park Ju-Young aos 39’/2T), Alex Oxlade-Chamberlain (Marouane Chamakh aos 29’/2T) e Gervinho; Robin van Persie. Técnico: Arsène Wenger

Milan
Christian Abbiati; Ignazio Abate, Thiago Silva, Philippe Mexès e Djamel Mesbah (Daniele Bonera aos 44’/2T); Mark van Bommel, Antonio Nocerino e Urby Emanuelson; Robinho, Stephan El Shaarawy (Alberto Aquilani aos 25’/2T) e Zlatan Ibrahimovic. Técnico: Massimiliano Allegri

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo