O presidente do Atlético de Madrid, Enrique Cerezo, afirmou que o treinador Diego Simeone não é “intocável”, depois da eliminação para o RB Leipzig, por 2 a 1, nas quartas de final da Champions League, mas parece satisfeito com a temporada colchonera e mandou um alerta aos críticos: quem não gosta de Simone que compre um clube.

Antes da eliminatória, Cerezo havia defendido Simeone das críticas ao seu estilo dizendo que, como os resultados são magníficos, não discutirá o jeito como ele prefere jogar. O dirigente o chamou de um “magnífico treinador”.

“Simeone não é intocável, e muitos discordaram dele”, disse Cerezo, de acordo com a Reuters. “Ele é quem escolhe o time e, se você não gosta, então compre um clube, construa seu próprio time e escolha os titulares”.

“Estamos calmos. O jogo não saiu como o planejado, mas estamos relaxados em relação a todo o resto. Eu acho que ainda temos um bom time. Não foi nossa noite”, completou.

Em um período de transição, o Atlético de Madrid oscilou na temporada, mas conseguiu assegurar classificação à Champions League pela oitava vez seguidas, sempre entre os três primeiros de La Liga. Tinha chance de ir longe na competição europeia, mas não fez um bom jogo contra o Leipzig, que venceu com gol de Tyler Adams, aos 43 minutos do segundo tempo, com um desvio que matou Oblak.

“Acho que tivemos uma boa temporada. Nos classificamos à Champions League, ficamos entre os três primeiros e chegamos às quartas de final (da Champions desta temporada), o que não é um lixo”, encerrou, segundo o Marca.

.