Portugal

Sporting bate Benfica e Porto, ainda mais líder, agradece

O Sporting se impôs sobre o Benfica e levou a melhor no clássico de Lisboa, vencendo por 1 a 0. Apoiados pela torcida no José Alvalade, os leões fizeram seu tento na primeira etapa, com van Wolfswinkel cobrando pênalti, e ainda se deram ao luxo de perder um caminhão de gols após o intervalo.

Quem agradeceu o resultado foi o Porto, que abriu quatro pontos de vantagem para os benfiquistas na liderança do Campeonato Português. Já os sportinguistas se alçaram à quarta posição na tabela, ultrapassando o Marítimo, ainda que longe da briga por uma vaga na próxima Liga dos Campeões.

Apesar da maior posse de bola dos encarnados no início da partida, o Sporting criou boa ocasião aos 15 minutos, em tiro de Diego Capel que passou ao lado da meta adversária. No minuto seguinte, o Benfica respondeu com Javi García finalizando de fora da área. A bola quicou na frente de Rui Patrício e o goleiro se viu obrigado a rebater, fazendo grande defesa.

O gol da vitória saiu em um lance controverso. Luisão tocou Ricky van Wolfswinkel dentro da área e o árbitro apontou para a marca da cal. O próprio atacante foi para cobrança e apenas deslocou Artur, anotando o primeiro para os leões. O gol impulsionou o Sporting, que se manteve melhor em campo, ainda que sem criar grandes lances.

A partida esquentou durante o segundo tempo e os verde-e-brancos voltaram a ameaçar com van Wolfswinkel, aos seis minutos, em chute que Artur foi buscar no canto. Na sequência, o Benfica tentou dar o troco com Maxi Pereira e Xandão tirou em cima da linha a cabeçada do uruguaio.

O Sporting teve mais três excelentes chances de ampliar, mas desperdiçou todas elas. A primeira aconteceu aos dez, com Artur fazendo milagre em tentativa de Schaars. Cinco minutos depois, van Wolfswinkel saiu de frente para o gol e o brasileiro salvou novamente. Logo depois, Marat Izmailov finalizou com precisão de fora da área e só a trave pôde parar o lance.

Van Wolfswinkel voltou a perder bom lance aos 27, quando driblou Artur e escorregou na hora do chute. O Benfica só voltaria a respirar no minuto seguinte, em cruzamento de Nicolás Gaitán que Yannick Djaló completou para fora, com muito perigo. A noite, porém, era mesmo dos leões, que, com Izmailov e Matías Fernández, exigiram mais duas boas defesas de Artur. E, antes do apito final, Luizão ainda seria expulso ao receber o segundo cartão amarelo.

Confira os resultados da 26ª rodada do Campeonato Português:

Sexta-feira, 06/abr
União de Leiria 0x0 Gil Vicente
Beira-Mar 2×1 Acadêmica
Vitória de Setúbal 1×0 Vitória de Guimarães

Sábado, 07/abr
Rio Ave 2×2 Feirense
Olhanense 1×2 Paços de Ferreira
Marítimo 2×4 Nacional
Braga 0x1 Porto

Segunda-feira, 09/abr
Sporting x Benfica

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo