Portugal

Sindicato português protesta contra naturalização de Liedson

A naturalização quase certa do atacante brasileiro Liedson, para jogar pela seleção de Portugal, já provoca polêmica. Nesta quinta, o presidente do Sindicato português dos Jogadores Profissionais de Futebol, Joaquim Evangelista, protestou contra o processo de naturalização de Liedson.

Em apresentação de estudo sobre o uso de jogadores estrangeiros na temporada 2008/09 do futebol português, no Arquivo da Câmara Municipal de Lisboa, Evangelista prometeu pedir uma reunião com Gilberto Madaíl, presidente da federação portuguesa, e Carlos Queiroz, treinador da seleção, para falar sobre o assunto.

Evangelista declarou: “O atleta português está em extinção. Deve-se refletir sobre o perigo que representa para o futuro [a naturalização]. Nada tenho contra o jogador estrangeiro, mas temo pela tendência de desvalorização do futebolista português, que tem como consequências a descaracterização dos clubes e a perda da identidade das seleções nacionais.”

O dirigente sindical ainda falou sobre a necessidade de se falar sobre o assunto também com Luís Figo e com Carlos Godinho, diretor esportivo da federação: “A pré-temporada revela que a tendência de aposta maciça em jogadores estrangeiros deve aumentar. Há cada vez menos atletas portugueses que jogarão futebol, por não terem possibilidade de progredir em sua carreira.”

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo