Portugal

Sabe o golaço do Pelé na Javari? Promessa do Porto chapelou três e fez um que lembra o mito

Se todo mundo que afirma ter visto o lendário gol de Pelé contra o Juventus em 1959 realmente tivesse visto, a Rua Javari poderia abrigar mais de 100 mil pessoas. O tento preferido do Rei em toda a sua carreira não foi filmado. Ficou o mito, recriado em computação gráfica anos depois, no filme “Pelé Eterno”. Em um jogo no qual era bastante provocado pelos grenás, o santista chapelou quatro adversários, incluindo o goleiro, antes de estufar as redes. Um jogo tão simbólico que também teria dado origem ao famoso soco no ar.

Pois se alguém perguntar a Romário Baró sobre o golaço que ele fez pelo sub-17 do Porto, ele terá imagens para comprovar. Não foi apenas dentro da área, e alguns podem até discutir a plasticidade dos lençóis. Mesmo assim, o meia nascido em Guiné-Bissau anotou uma obra-prima digna de relembrar o conto de Pelé. O jogador das seleções portuguesas de base chapelou três defensores a partir da intermediária. Faltou só o goleiro, que acabou fuzilado com o chute rasteiro. Cartão de visitas tremendo, para um prodígio de apenas 15 anos.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo