Eliminatórias da EurocopaPortugal

Roberto Martínez convoca Cristiano Ronaldo aos 38 anos: “É um jogador muito comprometido”

Na sua primeira lista de convocados, Roberto Martínez manteve Cristiano Ronaldo, de 38 anos, que está na Arábia Saudita, e também Pepe, de 41 anos, do Porto

O técnico Roberto Martínez fez a sua primeira convocação para a seleção portuguesa nesta sexta-feira e não tirou duas das referências da equipe, os veteranos Cristiano Ronaldo, de 38 anos, e Pepe, de 41. Os dois estão na lista de 26 nomes chamados pelo treinador espanhol para os jogos contra Liechtenstein e Luxemburgo, no início das Eliminatórias da Eurocopa 2024.

Havia dúvidas sobre a continuidade de Cristiano Ronaldo na seleção portuguesa, ainda mais porque o jogador foi para o futebol saudita defender o Al-Nassr e também porque se tornou reserva durante a Copa do Mundo. Martínez, porém, quer continuar contando com o jogador.

“Comecei com os 26 do Catar. É importante falar com os jogadores, conhecer o seu compromisso. O Cristiano Ronaldo é um jogador muito comprometido e essa é a minha posição. Um jogador como o Cristiano pode acrescentar experiência, é uma figura muito importante para a equipa”, afirmou Roberto Martínez na sua coletiva de imprensa.

“Independentemente da idade e de outros aspetos, acho que o Cristiano tem uma oportunidade para ajudar a equipa e passar a sua experiência. Este estágio é muito importante para os que estão na convocatória. É uma oportunidade para mostrar a sua capacidade e fazer uma equipa ganhadora. O Cristiano é mais um desses jogadores”, continuou o espanhol.

Caso se mantenha no grupo, Cristiano Ronaldo terá 41 anos na Copa do Mundo 2026. É um objetivo mais difícil, mas antes há a Eurocopa 2024, quando ele terá 39 anos. É um objetivo mais possível para o atacante, ainda que ele tenha optado por uma liga menos competitiva a essa altura da carreira. Pepe jogou a Copa 2022 aos 41 anos e fez um bom Mundial.

“Na minha carreira nunca tomei decisões fáceis, são sempre decisões importantes a pensar no futuro. Não pensei na possibilidade de deixar Ronaldo de fora. Agora, este estágio, é para jogarmos com o Liechtenstein e Luxemburgo. É importante ter jogadores jovens que podem aprender, e jogadores com experiência. Não acho que a idade seja um fator importante nessa fase”, explicou Martínez.

Se entrar em campo, Cristiano Ronaldo pode quebrar recordes. Ele tem 196 jogos com a camisa de Portugal, o que já o torna o jogador com mais jogos por uma seleção no futebol, ao lado de Bader Al-Mutawa, do Kuwait, que também tem 38 anos. O jogador do Kuwait ainda está na ativa, mas não foi chamado para a seleção do seu país para os jogos de março. Se entrar em campo em qualquer um dos jogos, Cristiano Ronaldo se tornará o recordista de jogos com a seleção sozinho na lista. O curioso é que o treinador da seleção do Kuwait é português: Rui Bento. Ele acabou ajudando Ronaldo a, possivelmente, quebrar o recorde.

“É um ponto de partida. Esta equipa tem muita qualidade, muita experiência, agora preciso de trabalhar com os jogadores. Todos os jogos são importantes, estes jogos não são para fazer experiências, são para ganhar, jogar bem e crescer. É importante ter uma ideia muito clara e a partir daí começar a trabalhar com os jogadores”, disse o treinador.

“O jogador português é muito completo, muito competitivo, precisa de informação tática. É um jogador com grande capacidade criativa. Queremos tirar proveito da qualidade dos jogadores, não é altura de olhar para trás, é altura de olhar para a frente. Quero deixar isso muito claro”.

Roberto Martínez foi perguntado sobre o pouco tempo de treino para passar suas ideias aos jogadores neste novo ciclo da seleção portuguesa. “Sim, é um espaço curto, mas o futebol internacional é mesmo assim. Na minha experiência, são jogos muito importantes, os resultados contam para a qualificação para um Europeu. Tempo insuficiente para conhecer os jogadores pessoalmente, vamos tentar ciar uma equipa conjunta clara para jogarmos esses jogos”, comentou.

O técnico ainda pregou atenção para os dois adversários, Liechtenstein e Luxemburgo, que são considerados os mais fracos e acessíveis da chave. “O futebol internacional é competitivo. Não existem jogos fáceis. É importante trabalhar bem, trabalhar com muita intensidade, conhecer o adversário”, afirmou.

“É preciso ganhar, cada jogo é diferente, mas quero ver um jogo alegre onde há muito compromisso. A equipa deve manter todas as qualidades e tentar ganhar, não importa o resultado”, explicou sobre o seu jeito de jogar.

“Todas as convocatórias a são difíceis, mas acho que temos muita, muita informação. Estamos contentes como a forma de trabalhar da federação, mas este estágio é para ganharmos os dois jogos. É o primeiro passo. Agora é uma oportunidade para trabalhar com os jogadores. Temos dez jogos para a qualificação, é muito importante cada estágio. A partir daqui vamos criar uma boa equipa, que tenha um bom equilíbrio”;

“Para os adeptos é um momento importante, o primeiro jogo em Alvalade é uma oportunidade para mostrarmos como queremos jogar, mas é ainda um ponto de partida. A mensagem aos adeptos é que precisamos deles para fazer uma grande equipa”, pediu o treinador, já convocando o torcedor para o jogo de quinta-feira, 23.

Entre os convocados, três ausentes em relação aos que estiveram na Copa do Mundo no Catar: William Carvalho, do Betis, Ricardo Horta, do Braga, e André Silva, do RB Leipzig. Rafa Silva, que não foi à Copa porque decidiu se aposentar da seleção portuguesa, aos 29 anos, também ficou fora. Segundo Roberto Martínez, o jogador o contou que acha que o seu tempo por Portugal acabou.

Há também novidades. O zagueiro Gonçalo Inácio, do Sporting, de 21 anos, ganha a sua primeira convocação. O goleiro José Sá, do Wolverhampton, também pode estrear pela seleção portuguesa, aos 30 anos. Completa o trio de estreantes o zagueiro Diogo Leite, de 24 anos, que atua no Union Berlim.

Portugal enfrenta Liechtenstein em Alvalade, no dia 23, próxima quinta-feira, e depois joga contra Luxemburgo no domingo, 26, fora de casa. Portugal está no Grupo J das Eliminatórias da Eurocopa 2024, que tem ainda Bósnia, Islândia e Eslováquia, além dos dois adversários que enfrentará nesta data Fifa de março.

Confira a lista de convocados de Portugal:

Goleiros: Diogo Costa (Porto), Rui Patrício (Roma) e José Sá (Wolverhampton)

Defensores: Diogo Dalot (Manchester United), João Cancelo (Bayern de Munique), Diogo Leite (Union Berlim), António Silva (Benfica), Gonçalo Inácio (Sporting), Pepe (Porto), Danilo (PSG), Ruben Dias (Manchester City), Raphael Guerreiro (Borussia Dortmund) e Nuno Mendes (PSG);

Meio-campistas: Palhinha (Fulham), Ruben Neves (Wolverhampton), Otávio (Porto), Bruno Fernandes (Manchester United), João Mário (Benfica), Matheus Nunes (Wolverhampton) e Vitinha (PSG);

Atacantes: Bernardo Silva (Manchester City), Cristiano Ronaldo (Al-Nassr), Diogo Jota (Liverpool), Gonçalo Ramos (Benfica), João Félix (Chelsea) e Rafael Leão (Milan).

Foto de Felipe Lobo

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!). Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009, onde ficou até 2023.
Botão Voltar ao topo