Portugal

Portugal expande liga e quer venda coletiva de direitos de TV

A Liga Portuguesa de Futebol Professional (LPFFP) anunciou que aprovou a entrada de mais dois clubes na primeira divisão do país, aumentando o número de 16 para 18 clubes. A medida ainda precisa da aprovação da Federação Portuguesa de Futebol.

A ideia da liga é fazer com que os dois últimos colocados possam manter-se na primeira divisão, somando com os dois clubes que subirão de divisão. “O conselho de presidentes [de clubes] da liga aprovou a expansão da competição para 18 clubes na temporada 2012/13”, disse a entidade em nota.

Além da expansão do número de times, o presidente da liga Mario Figueirense diz que irá protestar na União Europeia contra o atual sistema de venda de cotas de TV, que privilegia os grandes clubes. “Esse foi um dia histórico, nós conseguimos apoio para uma questão estrutural e uma reclamação para o fim do monopólio dos direitos de TV”, disse.

Ele quer que a LPFP seja a única negociadora dos direitos de televisão da primeira divisão portuguesa, ao invés do atual modelo de negociação individual, clube a clube – o que beneficia os maiores clubes, mas prejudica os menores e, portanto, a liga. Benfica e Porto não apoiaram a iniciativa.

A venda de direitos de TV na liga portuguesa fica na casa de € 75 milhões.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo