Portugal

Porto não irá recorrer da perda de seis pontos

O Porto não irá apelar da decisão da Comissão Disciplinar da Liga Portuguesa, que tirou seis pontos do clube em decorrência de escândalos com corrupção. O caso ficou conhecido como Apitou Dourado.

Com o título português já assegurado e uma vantagem de 20 pontos na liderança, a perda dos pontos não altera em nada a situação do Porto na competição. No entanto, o presidente Pinto da Costa pretende recorrer da punição imposta a ele. O dirigente foi suspenso por dois anos.

“O Porto vai ter subtraído seis pontos aos muitos que já ganhou este ano. Convém referir que nos são retirados seis pontos de uma época em que fomos só campeões nacionais, campeões da Europa e campeões do Mundo. Como eu ponho acima de todos os meus interesses os do Porto, não recorremos e vamos passar a ter apenas 14 e 15 pontos de avanço…”, ironizou Pinto da Costa.

Na sequência ele completou. “Mas a honra do Porto ficará salvaguardada, porque eu, pessoalmente, como presidente e como cidadão, vou recorrer, na segunda-feira, para o Conselho de Justiça. Esperamos, através desse recurso, que a verdade seja reposta e possamos mostrar que não existe qualquer razão para o Porto ser penalizado”.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo