Portugal

Pepe continua em alto nível aos 40 anos e acaba premiado com a ampliação de seu contrato com o Porto

Pepe renovou com o Porto até junho de 2024, o que garante sua continuidade nos gramados pelo menos até os 41 anos

Pepe completou 40 anos em fevereiro e, por enquanto, ainda não pensa em aposentadoria. Neste domingo, o Porto confirmou a extensão do contrato do zagueiro por mais uma temporada. O veterano renovou com o Dragão até junho de 2024, o que amplia também seu simbolismo dentro do clube. Enquanto o capitão conseguir se manter em alto nível, parece disposto a vestir a camisa dos portistas. O anúncio aconteceu com pompas, num evento em que o Porto ressaltou como a renovação reconhece os méritos de Pepe em seu trabalho.

“Estou muito nervoso porque é um contrato que para mim significa muito. Significa que muitos poderiam duvidar da minha capacidade, apesar dos 40 anos, mas eu como jogador e pessoa costumo dizer que sou muito honesto, devo muito ao FC Porto e não queria defraudar o presidente, as pessoas do clube, o meu treinador e os meus companheiros. Quero agradecer a todos no clube por me fazerem melhor todos os dias como jogador, pessoa e até pai também”, declarou Pepe.

“Só quem passou por aqui sabe os valores que o presidente transmite para o resto dos empregados, porque eu também me considero um empregado do clube. É uma pessoa que luta por estas cores, por esta região e, esteja onde estiver, vou honrar este clube. Tenho alguns títulos ganhos por este clube, todos eles são especiais porque é um clube e uma cidade que adoro e espero poder contribuir este ano com o meu trabalho para conseguirmos mais títulos e, se Deus quiser, para o ano poder dar continuidade a esta maré vitoriosa que estamos a viver”, complementou.

Já o presidente Pinto da Costa ressaltou: “Meus senhores, é com muito prazer, como calculam, que no dia em que completo 41 anos de presidente, tenho o prazer de ver o nosso capitão, que já é general, a assinar pelo FC Porto. Li uma entrevista que dei em julho de 1976, a minha primeira, e quando o jornalista me perguntou sobre o meu programa – que julgava impossível porque eu falava no rebaixamento do estádio, em 1976, e na nossa presença numa final europeia –, eu respondi que o impossível só demora mais tempo. Parecia impossível que qualquer atleta atingisse os 40 anos e renovasse um contrato por mérito, pelo que vale e joga no presente. Provou-se que não há impossíveis, apenas demorou mais tempo, 40 anos. Tinha a certeza de que íamos fazer este contrato e, se calhar, não é o último”.

Pepe disputou 28 partidas na atual temporada. O zagueiro teve alguns problemas de lesão, sobretudo no joelho, ficando fora de ação entre outubro e novembro. Apesar disso, se manteve como titular absoluto no restante do tempo e segue usando a braçadeira de capitão. A imposição do beque não se perde. Mesmo que as chances de conquistar o Campeonato Português sejam mínimas neste momento, fica marcada a boa campanha na Champions e também a conquista da Taça da Liga em cima do Sporting – com a taça erguida na semana em que o veterano completou 40 anos.

Levado pelo Porto em 2004, após despontar no futebol português com o Marítimo, Pepe permaneceu três anos no Estádio do Dragão durante sua primeira passagem. Vendido ao Real Madrid por €30 milhões, o alagoano marcou seu nome em uma década com os merengues e empilhou taças, antes de rumar ao Besiktas. Já o retorno a Portugal aconteceu um ano e meio depois da chegada à Turquia. São cinco temporadas desde então. Pepe se aproxima dos 250 jogos pelos portistas. Já a lista de títulos inclui quatro edições do Campeonato Português e três da Taça de Portugal, além do Mundial de Clubes em 2004.

Foto de Leandro Stein

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreveu na Trivela de abril de 2010 a novembro de 2023.
Botão Voltar ao topo