Portugal

Moreirense eliminou Benfica e Porto para viver maior momento de sua história na Taça da Liga

O Moreirense está acostumado com a realidade modesta. O clube fundado em 1938 passou décadas limitado aos torneios amadores da região de Braga, chegou às divisões nacionais apenas em 1979 e só estreou na elite do Campeonato Português em 2002. Desde então, os alviverdes até caíram outra vez à terceirona, mas nos últimos anos se estabeleceram na gangorra entre a elite e a segundona. Nesta temporada, o objetivo claro é evitar a queda ao segundo nível, a duas posições da zona de rebaixamento. Mas agora também podem sonhar com um título inédito. O pequenino Moreirense foi o responsável por eliminar Porto e Benfica da Taça da Liga de Portugal. Fará a decisão contra o Braga.

Inaugurada em 2006/07, a Taça da Liga é dominada pelo Benfica. Os encarnados conquistaram sete dos nove troféus disputados, com o Vitória de Setúbal e o Braga quebrando a hegemonia. Além disso, todas as finais até então sempre contaram com ao menos um representante do “trio de ferro”. Sequência interrompida muito graças ao Moreirense. Na fase de grupos, em que apenas um time avança às semifinais, os alviverdes fizeram a melhor campanha, superando o desempenho decepcionante do Porto. Enquanto isso, o Sporting foi eliminado em outra chave, por causa dos critérios de desempate – acredite, por ter menor média de idade que o Vitória de Setúbal, igualados em pontos, saldo de gols e gols marcados.

Já nesta quinta, a grande façanha do Moreirense aconteceu no Estádio do Algarve. Diante do favoritíssimo Benfica, os azarões ganharam a semifinal por 3 a 1, de virada. Eduardo Salvio colocou os encarnados em vantagem, mas Ousmane Dramé e Emmanuel Boateng escreveram a história no segundo tempo. Os lisboetas não perdiam desde dezembro, com dez vitórias e um empate no período.

Levando em conta também o histórico da Taça de Portugal (desde 1921/22), esta é apenas a sexta vez que uma final de torneio doméstico não conta com a presença de Benfica, Porto ou Sporting. A última vez que isso ocorreu foi em 1998/99, na vitória do Beira-Mar sobre o Campomaiorense. O Braga, longe de ser tão modesto assim, é o favorito do momento. Mas já sabe que não terá vida fácil contra o Moreirense. Porto e Benfica que o digam.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo