Portugal

Leandro Lima é suspenso por três meses

Nesta sexta-feira, a Comissão Disciplinar da Liga de Clubes arquivou o processo contra o Porto no caso da falsificação de documentos de Leandro Lima. No entanto, o meia foi suspenso por três meses.

No início deste ano, o clube foi alertado sobre “a possibilidade da existência de eventuais irregularidades na documentação pessoal” do brasileiro, ex-São Caetano. As suspeitas recaíram sobre a idade do jogador.

Na documentação entregue pela CBF, constava que Leandro Lima havia nascido em 19 de dezembro de 1987, mas na verdade ele era dois anos mais velho (a data correta é 9 de novembro de 1985). Nos papéis, o nome do atleta também aprecia diferente. Como não teve participação na falsificação dos documentos do jogador, o Porto foi considerado inocente no caso.

Leandro Lima cumpriu suspensão preventiva de 45 dias, que serão descontados do castigo total. Ele ainda recebeu uma multa de € 1.250. A pena máxima seria um gancho de seis meses, com multa de € 2,5 mil.
 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo