Portugal

Cria do Ninho brilha em Portugal, e Flamengo espera valorização

Ex-Flamengo, goleiro está emprestado ao Chaves, de Portugal, e vem sendo titular desde que chegou ao clube

O goleiro Hugo Souza, que pertence ao Flamengo, mas está emprestado ao Chaves, de Portugal, teve uma tarde mágica em terras lusitanas. O arqueiro defendeu três pênaltis na partida contra o Benfica, em Lisboa, e foi eleito o melhor em campo mesmo com a derrota da sua equipe. O Rubro-Negro, claro, está de olho em possível valorização do jogador.

Negociado pelo Flamengo em julho de 2023, Hugo Souza vem recebendo boas oportunidades para mostrar serviço em Portugal. O goleiro, que é cria das categorias de base, viveu mais altos do que baixos no Rubro-Negro e, ainda assim, pode render frutos.

Hugo brilha contra o Benfica

Nem um, nem dois. Hugo defendeu nada mais nada menos do que três pênaltis contra o atual líder do Campeonato Português, jogando fora de casa. O primeiro, inclusive, foi cobrado por Di María, craque e campeão do mundo pela Argentina no Qatar. Os outros dois vieram dos pés do atacante brasileiro Arthur Cabral, embora seja importante destacar que um deles foi anulado por invasão.

Além dos pênaltis defendidos, Hugo também conseguiu quatro defesas em chutes dentro da área e venceu nas bolas aéreas, tendo evitado pelo menos dois gols certos. Mesmo que o Chaves tenha perdido para o Benfica, com gol de João Neves, a atuação de Neneca não pode ser ignorada.

Empréstimo prevê opção de compra

O contrato firmado entre Flamengo e Chaves vai até julho, ou seja, até o fim da temporada europeia. Como já é rotineiro, o Rubro-Negro estipulou uma opção de compra para o clube português, no valor de 1,2 milhão de euros, cerca de R$ 6,2 milhões. Vale frisar que a oferta contempla apenas 50% dos direitos econômicos do jovem goleiro.

Neneca pode seguir caminho de Otávio em Portugal

Hugo consegue surpreender mesmo no pior time do Campeonato Português. Como mencionado, o Chaves é laterna isolado da liga, com 19 pontos, quatro a menos do que o time que vai para a repescagem. O ex-Flamengo já sofreu 49 gols, mas, se não fosse por ele, a equipe poderia estar numa situação ainda pior.

A situação é muito similar a de outro ex-Flamengo: Otávio. Sem espaço entre os profissionais, o zagueiro foi negociado ao Famalicão e, com as excelentes atuações, foi vendido ao Porto, onde é titular absoluto e um destaque positivo na equipe de Sérgio Conceição. Os caminhos também são semelhantes no baixo valor de mercado, já que o Rubro-Negro é especialista em venda de jovens promessas.

Quebra de expectativa no Flamengo

A volta por cima de Hugo, pelo menos nesta temporada, traz muita satisfação aos torcedores do Flamengo. Neneca, como era chamado nas categorias de base, subiu aos profissionais em meio à pandemia e ganhou a titularidade com Domènec Torrent, após apresentar estilo muito parecido com Dida, ídolo de Corinthians e Milan. Faltou cabeça.

Assim como no conto de Ícaro, Hugo voou perto demais do sol e acabou tendo diversos problemas fora de campo, que minaram sua confiança e o afastaram da boa fase. Ele chegou a receber oportunidades de outros treinadores, como Paulo Sousa, mas não conseguiu corresponder. Por isso o Flamengo optou pela venda a um clube de pouca expressão no futebol português.

Hugo Souza viveu altos e baixos no Flamengo antes de ser emprestado ao Chaves (Foto: WILTON JUNIOR/ESTAD√O CONTE⁄DO)

Hugo tem talento de sobra para voar no Velho Continente, mas precisa manter a cabeça no lugar, como está fazendo nesta temporada com o Chaves. O próximo jogo envolvendo o jovem goleiro será no próximo domingo (07), quando o Chaves encara o Portimonense, em briga direta contra o rebaixamento.

Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

É repórter na cobertura do Flamengo há três anos, com passagens por Lance! e Coluna do Fla. Fã de Charlie Brown Jr e enxadrista. Viver pra ser melhor também é um jeito de levar a vida!
Botão Voltar ao topo