Portugal

Federação portuguesa apóia Scolari em apelo contra punição

O técnico Luiz Felipe Scolari conta com o apoio da federação portuguesa (FPF) em seu apelo contra a suspensão de quatro jogos aplicada pela Uefa após a agressão a um jogador da Sérvia no último dia 12. O presidente da federação, Gilberto Madaíl, disse nesta segunda-feira aos jornalistas que o treinador brasileiro está seguro no cargo e conta com o suporte da entidade.

Além da suspensão, Scolari ainda foi multado em € 12 mil por ter dado um soco no zagueiro Ivica Dragutinovic, logo em seguida ao empate por 1 a 1 com a Sérvia pelas eliminatórias da Eurocopa-08.

“A direção da federação decidiu apoiar, por unanimidade, o recurso que Scolari apresentará, quer disponibilizando os nossos serviços jurídicos, quer através do acompanhamento por ocasião da audiência marcada para o dia 4 de outubro”, afirmou Madaíl, que revelou detalhes da reunião que teve com o técnico no dia seguinte ao incidente.

Segundo o dirigente, Scolari “deu conta do seu arrependimento” e disse que “continuava confiante na classificação para a Eurocopa, acrescentando que sentia que tinha as condições necessárias para conduzir o grupo ao objetivo pretendido”.

A punição, se mantida, tira Scolari dos quatro jogos restantes de Portugal nas eliminatórias. A equipe ocupa a terceira posição no grupo A, com 17 pontos. As duas seleções à frente – Polônia, com 21, e Finlândia, com 19 – têm uma partida a mais.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo