Anualmente, o Union Berlim mostra que seu estádio não é apenas o lugar onde se apoia o time. A casa dos berlinenses também abriga a comunidade e representa além do futebol. Foi graças a este sentido de pertencimento, afinal, que os torcedores já se uniram para salvar o clube da falência e reformar a própria praça esportiva. Assim, a cada Natal, a diretoria realiza um grande evento e abre as portas do Estádio an der Alten Försterei para celebrar a comunhão com sua torcida. Neste domingo, mais de 28 mil pessoas estiveram presentes para a festa.

A celebração natalina do Union Berlim é tradicionalista. Os torcedores acendem velas e assistem a apresentações artísticas no centro do gramado, sobretudo musicais. Obviamente, há a participação ilustre dos próprios jogadores. E que as canções de Natal sejam entoadas por todos, também existe espaço para os hinos dos ultras ganharem eco nas arquibancadas. Mistura que sempre provoca belíssimas cenas.

 

Nesta temporada, além do mais, os torcedores do Union Berlim também fizeram festa na última rodada do ano na segundona alemã. Durante a visita ao Erzgebirge Aue, centenas de berlinenses promoveram um show pirotécnico, diante de um bandeirão representando o urso – símbolo da capital. Apesar do empenho, o Union perdeu por 3 a 0. A equipe fecha o primeiro turno da 2. Bundesliga na quarta colocação, com 31 pontos, a três da zona de acesso à primeira divisão. Esta foi a primeira derrota da equipe na campanha.


Os comentários estão desativados.