Neymar é o jogador que mais sofre faltas nas cinco grandes ligas europeias

Brasileiro do PSG sofre uma falta a cada 20 minutos e 39 segundos; Angelo Fulgini, do Angers, é o segundo colocado

O atacante Neymar é quem mais sofre faltas nas cinco grandes ligas europeias nesta temporada 2020/21, segundo um dado publicado pelo CIES Football Observatory nesta segunda-feira. O jogador do PSG sofre uma falta a cada 20 minutos e 39 segundos, menor média entre os jogadores avaliados. Foram 14 faltas sofridas pelo brasileiro em 289 minutos disputados até aqui.

[foo_related_posts]

No relatório estatístico, só foram considerados jogadores que atuaram ao menos 270 minutos até o dia 12 de outubro. As estatísticas são coletadas pelo InStat, parceiro do CIES. O dado é calculado a partir do número de faltas sofrido em relação ao número de minutos jogados.

O meia Angelo Fulgini, de 24 anos, francês do Angers, é o segundo colocado na lista, com uma falta sofrida a cada 20 minutos e 56 segundos. Curiosamente, ele também é o camisa 10 do seu time, como Neymar. Foram 27 faltas sofridas em 565 minutos até aqui.

Muitos jogadores da Ligue 1 estão entre os primeiros colocados, o que tem a ver com o alto número de faltas da competição. São 23,39 faltas por jogo, em média, segundo estatística da própria liga. Nos 10 primeiros colocados, cinco são da Ligue 1. Além de Neymar e Angelo Fulgini, aparecem na lista Ignatius Ganago, do Lens (4º), Arnaud Nordin, do Saint-Étienne (5ª), Yvan Neyou, também do Saint-Étienne (7º).

O terceiro colocado é Yangel Herrera, do Granada. Volante de 22 anos, venezuelano, está no Granada por empréstimo do Manchester City e joga na seleção principal do seu país. Esteve na campanha de sucesso da Venezuela sub-17 no Mundial da categoria em 2017 como capitão do time. Os venezuelanos perderam apenas na final para a Inglaterra, depois de eliminar Japão, Estados Unidos e Uruguai nos jogos eliminatórios. Ele sofreu 15 faltas em 321 minutos disputados, com uma média de uma falta sofrida a 21 minutos e 24 segundos.

Michail Antonio, do West Ham (6º) é quem mais sofreu faltas na Premier League, com uma falta a cada 24 minutos e 36 segundos. O brasileiro Richarlison, do Everton (8º), também está no top 10, com uma falta a cada 25 minutos e 50 segundos. Grady Diangana, do West Brom, completa os 10 primeiros colocados, com uma falta a cada 25 minutos e 55 segundos.

Rodrigo De Paul, da Udinese, é quem mais sofre faltas na Serie A, com uma a cada 28 minutos e 48 segundos, em 14º no ranking. Mark Uth, do Schalke 04, é quem mais sofre faltas na Bundesliga, com uma a cada 34 minutos e 53 segundos, bem para baixo no ranking.

Se considerarmos um ranking geral, com 33 ligas, o líder em faltas sofridas é Jerell Sellars, ponta inglês que atua no Östersunds, da Suécia. Ele sofre uma falta a cada 13 minutos e 11 segundos. Diego Fabbrini, italiano que joga pelo Dinamo Bucaresti, é o segundo, com uma falta sofrida a cadsa 13 minutos e 34 segundos. O pódio é completado por Jorge Díaz, uruguaio do Panetolikos, da Grécia, com uma falta sofrida a cada 15 minutos e 43 segundos. Neymar não está nem nos 20 primeiros da lista.

Jogador do Lorient lidera ranking de faltas marcadas

Fabien Lemoine, do Lorient, marca Habib MaIga, do Metz
(JEAN-CHRISTOPHE VERHAEGEN/AFP via Getty Images)

O meio-campista Fabiel Lemoine, capitão do Lorient, é o líder entre os jogadores mais faltosos das cinco grandes ligas. O jogador, de 33 anos, comete uma falta a cada21 minutos e 29 segundos. O segundo colocado é Javi Galán, do Huesca, com uma falta a cada 24 minutos e três segundos. Steven Alzate, do Brighton, é o terceiro no ranking, com uma falta a cada 26 minutos e nove segundos.

Niklas Stark, do Hertha Berlim, é o líder em faltas cometidas na Bundesliga, com uma a cada 27 minutos e 30 segundos. Juraj Kucka, do Parma, é o líder em faltas da Serie A, com uma a cada 30 minutos e 20 segundos. Chama a atenção que Lucas Moura, brasileiro do Tottenham, está em 10º na lista de jogadores mais faltosos das cinco grandes ligas, com uma a cada 28 minutos e 54 segundos. É o terceiro na lista da Premier League, atrás de Alzate e de Tomás Soucek, do West Ham, que faz uma falta a cada 27 minutos e 21 segundos, em sétimo no ranking das cinco grandes ligas.

Se considerarmos todas as ligas, não só as cinco principais, o jogador mais faltoso é Kirill Vergeichik, do Vitebsk, de Belarus. Ele lidera o ranking com uma falta a cada 15 minutos e 27 segundos. Uma marca realmente impressionante. No ranking geral, o líder das cinco grandes ligas em faltas marcadas, Fabien Lemoine, é só o 14º.

Se quiser ver o ranking e mais dados, confira no site da CIES.