ÁfricaÁsia/OceaniaEstados UnidosEuropaFutebol femininoMundo

Futebol Feminino: Grupo F

As campeãs mundiais encabeçam o Grupo F e entram como claras favoritas ao primeiro lugar da chave. As japonesas contam com a melhor jogadora do mundo em 2011, Homare Sawa principal destaque do time na campanha do título mundial, e tem ao seu lado Aya Miyama, Ayumi Kaihori e Nahomi Kawasumi. O desempenho japonês em Olimpíadas tem melhorado. Se em 1996 perdeu todos os jogos, em 2004 chegou às quartas de final e em 2008 foi à semifinal. Desta vez, como favoritas, podem conquistar o ouro com o ótimo trabalho de Norio Sassaki, eleito o treinador do ano em 2011 no futebol feminino.

O Canadá está longe das favoritas, mas é um time que tem chegado com frequência às Copas do Mundo. Esteve nas últimas cinco edições, conseguindo o seu melhor resultado em 2003, quando ficou com o quarto lugar. Em 2011, porém, fez sua pior campanha na história, com três derrotas em três jogos. No pré-olímpico, porém, atropelou as adversárias na primeira fase e venceu o México, perdendo a final para os Estados Unidos, mas já classificada. O nome da seleção é Christine Sinclair, 29 anos, atacante e artilheira, e Diana Matheson, meio-campista baixinha, habilidosa e com boa condução de bola.

As suecas, por sua vez, entram como candidatas à segunda vaga no grupo, atrás apenas das japonesas.  Esteve em todos os torneios femininos e foi vice-campeã do mundo em 2003. Em Olimpíadas, foi semifinalista em 2004 e quadrifinalista em 2008. Na Copa de 2011, conseguiu o terceiro lugar depois de perder do Japão na semifinal e vencer a França na decisão do terceiro lugar. A atacante Lotta Schelin é a principal jogadora do time, responsável pelos lances ofensivos mais perigosos do time.

A África do Sul é o time mais fraco do grupo e previamente candidata a lanterna. Conseguiu a classificação no pré-olímpico passando por Zâmbia com duas vitórias, Tunísia nos pênaltis e a Etiópia, no confronto que definiu a vaga. Curiosamente, o time fez pré-temporada no Brasil e se conseguir uma vitória, já sairá contente. As Banyana Banyana têm como destaques as atacantes Amanda Dlamini e Noko Matlou.

VOLTAR PARA O INÍCIO

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo