BrasilMundo

Cartazes de protestos continuam incomodando a Fifa

Sim, é isso mesmo que você está lendo. O clima de protestos está tomando as ruas das grandes cidades brasileiras e era natural que aparecesse nos estádios. O que não é natural é que a Fifa impeça que as pessoas se manifestem, como aconteceu no Mineirão, no jogo entre México e Japão.

Segundo o Mediotiempo, site mexicano, o jogo tinha pouco mais de 10 minutos quando alguns torcedores apareceram do lado de tribuna de imprensa com cartazes. Algo que tem sido muito comum nas últimas semanas. Os gritos eram contra a Fifa, Copa das Confederações e Copa do Mundo. Os torcedores pediam que os recursos fossem usados para educação, saúde e falavam contra a corrupção.

Os seguranças do estádio impediam que o torcedor levantasse o cartaz. Mesmo assim, ele conseguia, os fotógrafos registravam o momento e os seguranças do estádio arrancaram, de forma abrupta, o cartaz do torcedor. Foram tirados dali e levados para longe da área de imprensa.

No Maracanã houve relatos parecidos. Cartazes sendo tirados, pessoas sendo retiradas dos seus lugares. Os cartazes irão continuar nos estádios, assim como, parece, os protestos irão continuar. A Fifa terá que saber como irá tratar os próximos cartazes. Pedir para sair? Parece que isso só irá piorar a situação.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo