Mundial de Clubes

Sorteio do Mundial de Clubes coloca Palmeiras contra Al Ahly ou Monterrey

Palmeiras terá campeão africano ou da Concacaf pela frente; Chelsea espera vencedor entre campeões da Ásia, Oceania e do país-sede, Emirados Árabes

Palmeiras e Chelsea já sabem qual será o caminho para a final do Mundial de Clubes, em fevereiro do próximo ano. Os campeões da Libertadores e da Champions League entram nas semifinais e os brasileiros terão pela frente o vencedor do duelo entre o campeão africano, Al Ahly, e o campeão da Concacaf, Monterrey. O torneio será realizado de 3 a 12 de fevereiro nos Emirados Árabes Unidos.

O Al Ahly é o atual campeão africano e estará novamente no Mundial de Clubes. Os africanos farão o jogo de quartas de final contra o Monterrey, campeão da Concachampions, a Liga dos Campeões da Concacaf. O Palmeiras enfrentou o Al Ahly na decisão do terceiro lugar da última edição de Mundial de Clubes e perdeu nos pênaltis. Isso depois de perder justamente do campeão da Concacaf na semifinal naquela época, o Tigres.

O Chelsea, por sua vez, terá pela frente o vencedor do jogo entre o Al Hilal, campeão asiático, e quem vencer do jogo preliminar entre o campeão da Oceania, Auckland City e o Al Jazira, campeão do país-sede, Emirados Árabes Unidos. Este jogo é o jogo de abertura do Mundial.

Pode ser a última vez que o Mundial de Clubes seja disputado nesse formato. A Fifa já tinha decidido mudar para um torneio de 24 clubes, que seria realizado a cada quatro anos, conforme anunciou em 2019. O formato estrearia em 2021, mas foi adiado por causa da pandemia. Neste momento, é uma incógnita se esse novo torneio de fato acontecerá, já que os clubes e ligas europeias são contrários e até ameaçaram boicote.

Sorteio do Mundial de Clubes (Reprodução/FIFA TV)

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo