Mundial de Clubes

Fluminense pode ser o primeiro — e talvez o último — carioca a vencer este Mundial de Clubes; entenda

Clubes cariocas não venceram Mundial de Clubes após chancela da Fifa; campeão intercontinental em 1981, Flamengo bateu na trave duas vezes pelo bi, e Vasco deixou escapar título em casa

Mais do que fazer história se vencer o Manchester City, o Fluminense pode ter algo que seus rivais dificilmente alcançarão. Com as mudanças de competições e a Fifa sem reconhecer oficialmente conquistas legítimas em campo, o Tricolor pode ser o primeiro clube carioca a vencer este Mundial de Clubes.

Não é dúvida para ninguém que o Flamengo ganhou o Mundial de Clubes em 1981. O nome pouco importa. O time de Zico e companhia fez história ao colocar o arquirrival do Tricolor no posto de campeão do mundo. Mas é fato que, após a Fifa passar a chancelar a competição, nenhum clube do Rio de Janeiro venceu.

Super Odds na Dafabet »

Como o Mundial de Clubes só terá mais uma edição nestes moldes, em 2024, o Fluminense pode ser o primeiro e o último a vencer a competição caso fique com o título em 2023. Em 2025, uma Copa do Mundo de Clubes está marcada para os Estados Unidos. Campeões da Libertadores em 2022 e 2023, Flamengo e Fluminense estarão na disputa.

Fluminense foi campeão da Libertadores em 2023 e pode conquistar título que rivais não tem - Foto: Icon sport
Fluminense foi campeão da Libertadores em 2023 e pode conquistar título que rivais não tem – Foto: Icon sport

Em 2024, a dupla Fla-Flu está garantida na Libertadores e brigará pelo título, que leva o campeão também a dois Mundiais. O Botafogo está na pré-Libertadores, e o Vasco não está classificado, portanto, não tem chances de igualar uma possível taça carioca até lá.

Flamengo disputou dois Mundiais de Clubes da Fifa, mas não foi campeão

Campeão da Libertadores em 2019 e 2022, o Flamengo teve duas chances de vencer o Mundial de Clubes da fase atual. Seria o bi, já que o título de 1981 no Japão, ao menos para a Trivela, é incontestável.

O Fla bateu na trave em 2019, no Qatar, quando foi derrotado pelo mesmo Liverpool, vice de 81, na prorrogação, com gol do brasileiro Roberto Firmino. Em 2022, nem isso: acabou eliminado nas semifinais ao perder para o Al Hilal, da Arábia Saudita, em Tânger, no Marrocos.

Flamengo tentou o bicampeonato do Mundial em cima do Liverpool, mas foi vice em 2019 - Foto: Alexandre Vidal/CRF
Flamengo tentou o bicampeonato do Mundial em cima do Liverpool, mas foi vice em 2019 – Foto: Alexandre Vidal/CRF

Classificado para 2025, o Flamengo ainda terá mais uma chance de ser campeão mundial, mas não nestes moldes. A não ser que vença a Libertadores novamente em 2024, o que convenhamos, não pode ser descartado.

Vasco deixou escapar chance em primeiro Mundial de Clubes da Fifa

O Vasco teve talvez a melhor chance entre todos. O primeiro Mundial de Clubes da Fifa foi em 2000, no Rio de Janeiro, e embora não tenha sido campeão estadual, brasileiro ou continental em 1999, o Cruz-Maltino foi definido como o representante do estado na competição. A equipe de São Januário já tinha sido vice do Mundial em 1998, quando foi derrotada pelo Real Madrid, por 2 a 1.

Campeão brasileiro em 1998 e 1999, o Corinthians também participou como indicado pelo país-sede — os paulistas foram convidados antes do título nacional de 99. O regulamento colocou o Timão em uma chave, e para evitar a ausência de times do Rio, já que o Palmeiras havia sido campeão da Libertadores no ano anterior, o Vasco, campeão continental em 1998, foi o escolhido.

O Verdão recebeu promessa da Conmebol de disputar a competição em 2001. O torneio, entretanto, não existiu.

O Vasco chegou à final com 100% de aproveitamento após bater os campeões continentais South Melbourne, Manchester United e o Necaxa. O Corinthians venceu Raja Casablanca e Al Nassr, e empatou com o Real Madrid, classificando-se no saldo de gols. Na decisão, o 0 a 0 colocou os dois times na marca de cal, e em casa, a torcida cruzmaltina viu Gilberto e o ídolo Edmundo perderem suas cobranças. Título paulista no Maracanã.

Botafogo nunca disputou Mundial de Clubes da Fifa, mas pleiteia tri

O Botafogo criou seu centro de memória em 2021, e pleiteia um tricampeonato mundial junto à Fifa. O Alvinegro conquistou o Triangular de Caracas em 1967, 1968 e 1970.

O Triangular de Caracas, disputado no Estádio Olímpico de Caracas, na Venezuela, foi um campeonato amistoso com 10 edições entre os anos de 1958 e 1981. A competição reunia times e seleções convidadas. Sete times foram campeões. Botafogo (3), Cruzeiro (2), Bangu, Deportivo La Coruña, Dinamo Moscou, Real Madrid e Sporting.

Em 67, o Bota superou Barcelona e Peñarol. No ano seguinte, vitórias sobre Benfica e a seleção da Argentina. Em 70, venceu a seleção da União Soviética e o Spartak Trnava. A imprensa, à época, chamou o Botafogo de campeão do mundo.

Foto de Caio Blois

Caio Blois

Jornalista pela UFRJ, pós-graduado em Comunicação pela Universidad de Navarra-ESP e mestre em Gestão do Desporto pela Universidade de Lisboa-POR. Antes da Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo