Mundial de Clubes

De Bruyne e Haaland treinam, mas não jogam: é sobre quanto Manchester City liga para o Mundial?

Trivela esteve presente no treino do Manchester City e viu De Bruyne e Haaland treinando bem; por que, então, eles não jogarão no Mundial?

Nem Kevin De Bruyne e nem Erling Haaland estarão presentes pelo Manchester City na grande final do Mundial de Clubes, contra o Fluminense, na próxima sexta-feira (22). Ótima notícia para o Tricolor, já que não seria exagero nenhum dizer que os dois jogadores foram os principais do time inglês na inédita conquista da Champions League na temporada passada.

Mas o quanto as ausências de Haaland e De Bruyne dizem sobre a preocupação (ou na verdade a falta dela) do Manchester City com o Mundial de Clube? Não é de hoje que existe uma conversa forte de que europeus não dão tanta bola à competição — até a hora que perdem, é verdade. E o fato dos dois jogadores não estarem disponíveis pode dar munição a quem pensa nessa linha, de que, para eles, a competição simplesmente não é importante.

Super Odds na Dafabet »

A Trivela esteve no treino do Manchester City nesta quinta-feira (21), o último antes da grande final contra o Fluminense. Pudemos assistir a alguns minutos do treinamento, mais especificamente às partes de alongamento, aquecimento e ronda. Nelas, foi possível ver que os jogadores dados como machucados participaram sem maiores problemas.

Como De Bruyne e Haaland treinaram?

Sobre De Bruyne, por exemplo. O meio-campista belga está afastado desde o começo da temporada europeia, em agosto, por conta de uma grave lesão muscular. Já nas últimas semanas fez algumas aparições tímidas em treinos do Manchester City, ainda na Inglaterra, e Pep Guardiola, técnico dos Citizens, chegou até a cogitar que ele poderia entrar em uma eventual final mundial.

Nos momentos que Trivela acompanhou, ele participou com desenvoltura da famosa roda de bobinho e deu diversos piques, mostrando ótima explosão física e estar recuperado do machucado que o afastou dos gramados por quatro meses.

Assim como De Bruyne, Haaland também vinha de análises diárias sobre sua lesão, esta no pé, causada mais por estresse. Também participou da parte do treinamento que Trivela conseguiu acompanhar e não pareceu lidar com os problemas físicos que o afastaram dos últimos quatro jogos do Manchester City. Se está 100{62c8655f4c639e3fda489f5d8fe68d7c075824c49f0ccb35bdb79e0b9bb418db} recuperado, apenas o departamento médico do City pode dizer, mas nos treinamentos não mostrou as limitações que o acompanharam nas últimas semanas.

Quanto a presença deles nos treinamentos diz sobre a importância que o City dá ao Mundial?

Como já dito, apenas o departamento médico do Manchester City, tal qual sua comissão técnica, podem informar o quanto as lesões de De Bruyne e Haaland são limitadoras em suas participações no Mundial de Clubes. Mas para quem acompanha o treinamento do clube, fica quase que evidente que, se estivéssemos falando, por exemplo, de um jogo decisivo da Premier League ou da Champions League, ambos estariam disponíveis.

Isso não quer dizer que o Manchester City não queira ganhar do Fluminense ou que vá entrar para perder na próxima sexta. Pelo contrário, o Tricolor deve ter pela frente seu adversário mais complicado no ano, já que mesmo sem o belga e o noruguês, estamos falando do atual campeão europeu e de um dos melhores times do mundo. Mas a ausência dos dois deixa claro: o Mundial não é a prioridade do Manchester City.

Foto de Caio Blois

Caio Blois

Jornalista pela UFRJ, pós-graduado em Comunicação pela Universidad de Navarra-ESP e mestre em Gestão do Desporto pela Universidade de Lisboa-POR. Antes da Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo